Santa Casa dá especial atenção à alimentação, componente fundamental para recuperação de pacientes

É comprovado que uma boa alimentação colabora com a imunidade e reduz a possibilidade de infecções, tempo de internação hospitalar e mortalidade. Por isso, o serviço de nutrição e dietética de um hospital é fundamental e responsável por um dos medicamentos mais importantes para um paciente, que é a alimentação correta.

Dentro desse contexto, o Serviço de Nutrição e Dietética (SND) da Santa Casa de Alegrete assume um papel fundamental na busca da saúde e da qualidade de vida dos pacientes e seus familiares. O serviço é responsável pela produção e distribuição de mais de 25 mil refeições mensais, incluindo café da manhã, almoço, jantar, lanches, alimentação enteral, mamadeiras e fórmulas infantis. Funciona das 7h às 24 horas.

“Servimos uma alimentação planejada, dentro de determinados padrões financeiros, obedecendo sempre a boa qualidade nutritiva, a boa técnica de preparação e as ótimas condições de higiene”, destaca Marcia Ferreira Dambrós, nutricionista e gestora do serviço no hospital. Segundo ela, o trabalho requer toda uma elaborada rotina diária na preparação e avaliação nutricional do paciente, durante a internação.

A equipe de nutricionistas da Santa Casa é formada por mais duas profissionais, que fazem o acompanhamento completo do paciente, determinando qual a melhor dieta e orientações nutricionais a serem seguidas tanto dos internados, quanto dos pacientes ambulatoriais. Integram a equipe mais 30 pessoas, entre copeiras, cozinheiros, auxiliar de cozinha e dispenseiros. Parte dela faz a produção das refeições e a outra distribui a alimentação entre os pacientes e seus familiares.

Os insumos para o processo de alimentação dos pacientes, vem de fornecedores locais e outros de fora do município, sempre respeitando a capacidade de armazenamento, para que não haja desperdício de alimentos. Mensalmente, são consumidos em média, 600 quilos de arroz, 150 quilos de feijão, 350 quilos de frango, 1.200 litros de leite e 4 mil unidades de pães de 50 gramas, entre outros alimentos.

Conforme o presidente da Santa Casa, o Serviço de Nutrição e Dietética do hospital contribui para a recuperação dos pacientes, atendendo suas necessidades nutricionais durante a internação. Roberto Segabinazzi lembra ainda que o número de refeições servidas dentro da Santa Casa é superior ao de grandes restaurantes do município. “Sempre digo que a Santa Casa abriga o maior restaurante do município, o que nos orgulha, pela qualidade do serviço prestado e pelo quanto é aliado da saúde”, conclui.

Se inscrever
Notificar de
guest

0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários