Sindicatos se mobilizam para ato em defesa da Corsan Pública

Atividade está agendada para 28 de junho, às 10h, para evitar privatização da água. Entidades de todo o estado preparam a passeata para preservar o saneamento público

Sindicatos de categorias ligadas ao saneamento estadual estiveram reunidos na sede do Sindiágua para ampliar a mobilização para o ato em defesa da Corsan pública, marcado para o dia 28 de junho, em Porto Alegre.

A proposta de acordo coletivo entregue em março e ainda sem resposta do governo estadual também entrou na pauta.

“Vamos defender a água pública, a universalização do saneamento com serviços de qualidade e preços justos. O momento é gravíssimo e vivemos a iminência da privatização da Corsan que atende os gaúchos há 56 anos”, acentuou o presidente do Sindiágua, Arilson Wünsch.

Em atividade há décadas, ele é conhecido como o dentista da janela

“Será uma grande caminhada em defesa da água pública com participação das categorias ligadas ao saneamento, mas também de toda a sociedade que sabe que esse é um bem estratégico e não pode ser tratado como mercadoria”, registrou o presidente do Sindicato dos Técnicos Industriais no Estado do Rio Grande do Sul (Sintec-RS) César Augusto Silva Borges.

Para a diretora do Sindicato dos Administradores no Estado do Rio Grande do Sul (Sindaergs), Eliane Fortunato Brigoni, a participação de todas as entidades é muito importante porque representa a proteção de um serviço público de qualidade. “O saneamento é alvo do interesse de empresas multinacionais que visam apenas o lucro”, registrou.

O Sindiágua realizou reuniões em todas as regiões do estado no mês de maio preparando a mobilização com os servidores da Corsan preocupados com a venda das ações da companhia na Bolsa de Valores, anunciada para julho pelo Governo do Estado.  Entidades interessadas em articular a participação no ato podem fazer contato pelo email sindiagua@sindiaguars.com.br ou pelo fone (51) 3221.8833.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários