Vídeo: soldado que tragicamente deu adeus à tropa recebeu comoventes homenagens

A morte prematura do militar Dion Félix Mombaque, de 22 anos, causou uma grande comoção entre familiares, amigos e colegas de profissão.

O jovem que sempre batalhou muito pelos seus sonhos era casado e tinha uma filha de dez meses. Dion trabalhava na oficina mecânica com o pai e depois ingressou no quartel. Apaixonado pela família, também tinha outras dedicações e paixões: os carros rebaixados, Chevette, motos e som automotivo.

Um dos sonhos era adquirir um Chevette, que há pouco tempo havia concretizado. Um jovem que sempre foi orgulho para os pais e irmãos, além de ser um excelente companheiro e pai.

Leia Mais: “Estou bem aqui, mas quero sentir-me em casa outra vez” – diz alegretense desgarrado

O trágico acidente que interrompeu muitos projetos, gerou uma grande consternação entre os familiares, amigos e demais militares. Em pouco tempo, as redes sociais foram inundadas de mensagens e homenagens.

Na despedida, a desolação. Durante as homenagens e honras militares, todos estavam visivelmente emocionados. A comoção tomou conta de todos que conheciam o jovem e também que se solidarizaram com a família. Durante o trajeto até o cemitério também ocorreu um grande cortejo com os amigos do Clube do Chevette Alegrete, além dos parceiros dos eventos direcionados aos carros rebaixados e som automotivo. No percurso, o ronco dos motores, a buzina e a emoção estiveram presentes.

Na chegada ao cemitério, o amparo aos pais, esposa e irmãos, além disso, o giro alto dos motores que transformaram o cenário em uma grande nuvem de fumaça, até o giro fazer o pneu estourar. Na sequência a salva de tiros pela guarda fúnebre e o caixão coberto com a bandeira do Brasil foi levado para o interior do Cemitério por militares.

Todos os amigos que participaram da homenagem o definiram como um ser ímpar, um homem trabalhador que estava sempre alegre.

O militar fazia parte da corporação do 12º BE Comb bld e faleceu na manhã de ontem(27), em um acidente que ocorreu nos fundos do campo de instrução da Unidade Militar. O Jeep que ele estava capotou e Dion sofreu uma lesão na cabeça. Os demais militares que estavam no veículo sofreram ferimentos leves.

Dion chegou a ser removido pelo Samu até à Santa Casa de Alegrete, mas não resistiu aos ferimentos.

A Unidade Militar se solidarizou com a família e lamentou a morte do jovem e, na nota à imprensa, destacou que foi instaurado um Inquérito Policial Militar (IPM) para apurar as circunstâncias do acidente.

A viatura estava em manutenção e informações preliminares dão conta que o militar foi fazer um teste com a mesma. O soldado Félix era motorista habilitado e mecânico de viaturas.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários