Vereador alerta que vagas do rotativo, em rua do centro, não foram autorizadas

Condutores de Alegrete buscaram o vereador Itamar Rodriguez (PP) para reclamar que a empresa que realiza o trabalho do estacionamento rotativo, em Alegrete, estava cobrando pelas vagas na Rua Nossa Senhora do Carmo sem ter o decreto que autoriza para esse serviço.

Informa que entrou em contato com o Secretário de Segurança e Mobilidade, Daniel Biachi Rosso, e foi informado que, realmente, não há nada oficial em relação a estas novas vagas. O vereador solicitou à empresa que os valores que já foram cobrados sejam devolvidos aos condutores.

Morre um símbolo do Carnaval de Alegrete: Tom Mix, o talentoso figurinista e artista

A empresa, conforme o Secretário não havia comunicado à Prefeitura de que iria iniciar a cobrança do serviço naquela rua. A determinação é de que seja feito de forma oficial para que só então se emita um decreto autorizando para este fim.

Em resposta a essas alegações, a BR Parking, por meio do responsável local Jarbas Messa, explicou que não houve cobranças indevidas na quadra em questão. Segundo ele, o trabalho na rua Nossa Senhora do Carmo compreendem demarcações de vagas, correções de numerações e outros ajustes necessários para a implementação do estacionamento rotativo. No entanto, enfatizou que tais intervenções não implicam em qualquer cobrança aos condutores.O posicionamento da empresa é que todas as cobranças referentes ao estacionamento rotativo são realizadas por meio de um sistema centralizado e registrado. Nesse sentido, a BR Parking afirma que é possível verificar, por meio de registros no sistema, que não houve nenhuma cobrança efetuada na quadra da Rua Nossa Senhora do Carmo até o momento.

Se inscrever
Notificar de
guest

0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários