Vereadores de Alegrete aprovam Moção de Apoio para criação de Delegacia de Combate ao Abigeato no município
Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Na sessão ordinária da segunda-feira(5), da Câmara,  no período da Ordem do Dia, foi  aprovada moção  endereçada  ao Delegado  regional Valeriano Garcia Neto, em prol da instalação em Alegrete de uma Especializada na  Repressão aos Crimes Rurais e Abigeato.

De autoria  da vereadora Firmina Martins Soares/PDT, a moção busca a adesão dos ruralistas de Alegrete e da região pelo fato de que, uma vez criada, esta delegacia, conforme disse a  vereadora proponente, vai reforçar a segurança  dos produtores rurais  e  implicará  em maior efetivo para  a Polícia Civil.


Seis vereadores se manifestaram em apoio à Moção da vereadora Firmina. O  vereador Fábio Bocão/Progressistas foi taxativo em afirmar  que a sociedade apoia em razão do aumento dos  crimes de abigeato  na região. Parabenizou o trabalho que o delegado Valeriano vem fazendo. Que o Município também dê ajuda à Polícia e concitou aos empresários a também se somarem.
O vereador Itamar Rodriguez/Progressistas, ao dizer que é favorável à Moção, citou  o compromisso do Poder Público com  segurança,  saúde e  educação.  Lembrou  que não basta apenas a criação da especializada que dê atenção ao abigeato   se não houver o aumento de efetivo e aí entra a participação do Estado, fazendo concurso e ampliando suas forças.
O Vereador Cléo Trindade/MDB  Parabenizou a vereadora pela Moção de Apoio e  disse que é uma batalha que vem sendo travada há muito tempo na Casa. É uma questão de segurança, pontuou. A criação da Delegacia  significa aumento de efetivo para a Polícia Civil e Brigada  Militar.

 

O vereador lamentou  que  a Brigada Militar não tenha mais  sua equipe rural atuante nem tampouco o seu canil   que  executava importante missão. Por isso reforçou que é preciso continuar a luta pela transformação do Esquadrão em Batalhão
Já o Vereador  João Leivas/MDB destacou a feliz ideia da presidente  Firmina em  trazer o tema para a Câmara. Alegrete, com sua extensão territorial e a  atividade principal  que é a  atividade primária, com destaque para a criação de gado,  apresenta muitos casos de abigeato, por isso é válida a iniciativa para combater esse tipo de crime,  enfatizou.
O Vereador Bispo Ênio Bastos/Progressistas  se mostrou favorável  à Moção, que considerou uma iniciativa excelente. O Município é grande em extensão territorial, a economia depende muito do campo, uma especializada para combater o abigeato é de suma importância, afirmou.
A autora Firmina Soares  reforçou que a delegacia especializada vai ser  estruturada para atender  no combate  ao abigeato em Alegrete e região. A luta é no sentido de que, no mais breve espaço de tempo  possível a delegacia  de repressão  aos crimes rurais e abigeato  possa estar  em funcionamento. E que com a sua instalação  se faz necessário o aumento do efetivo da Polícia Civil na região para uma melhor segurança no campo. . A moção  foi aprovada por unanimidade.

Júlio Cesar Santos                               Foto e Fonte: Assessoria Comunicação da CMA


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •