Vereadores e direção do Tancredo Neves pleiteiam continuidade do EJA na Escola

Compartilhe
  • 203
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    203
    Shares

O anúncio de que o Ensino de Jovens e Adultos- EJA da Escola Estadual Tancredo Neves não vai mais funcionar, a direção da Escola e mais três vereadores estão mobilizados para reverter a questão.

Nesta quarta -feira o vereador Moisés Fontoura , presidente da Câmara , Rudi Pinto e a vereadora Miriam Suhre, mais o diretor do Tancredo, Assis Ribas estão em Porto Alegre numa audiência na Secretaria de Educação no Estado.

A alegação é de que tem que ter um número mínimo e 80 alunos  para que esta modalidade de ensino funcione na Escola. A informação é que o ano letivo de 2019 fechou com 39 alunos.

A vereadora Miriam Suhre, que mora no mesmo bairro onde está a escola, diz que vão pleitear pela continuidade do EJA , já que possíveis alunos de vários bairros da Zona Sul serão prejudicados, porque as outras escolas que ofertam esta modalidade de ensino, aqui em Alegrete, são bem longe daquele território da cidade.

– Nosso papel  é incentivar que mais pessoas estudem, concluam o Ensino Fundamental e Médio e prossigam seus estudos, por isso estamos junto nesta luta.

Vera Soares Pedroso

 


Compartilhe
  • 203
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    203
    Shares