Homem é encontrado morto ao lado de cofre em rua de Caxias do Sul

Polícia Civil investiga as duas ocorrências, e ainda não aponta relação entre o equipamento e a vítima. Delegados irão ouvir testemunhas e buscar mais pistas para tentar solucionar os casos.

O corpo de um homem foi encontrado ao lado de um cofre em uma rua de Caxias do Sul, no bairro Nossa Senhora do Rosário, na manhã desta quinta-feira (11). Ele foi identificado como Salustiano Gonçalves Cecato, de 22 anos. A esposa dele procurou a polícia depois que, conforme relato dela no boletim de ocorrência, dois homens entraram na residência deles armados, dizendo que eram da polícia, e levaram o marido.

Na ocorrência, ela relatou que o casal já estava deitado quando a dupla chegou, pouco depois da meia-noite. Um dos homens usava uma touca ninja, segundo ela. Eles avisaram que levariam Salustiano, mas que depois ele iria retornar. O homem saiu apenas de cueca.

Horas depois, no começo da manhã, o corpo foi encontrado. Pessoas que passaram pelo local acionaram a polícia. O cofre estava ao lado da vítima, e também foi recolhido para passar por perícia.

Na polícia, há um registro de roubo de cofre de dentro de um apartamento, na noite de quarta-feira (10). As duas ocorrências serão investigadas separadamente.

“Estava fechado o cofre, e já fizemos contato com a vítima do roubo. Foi um assalto em outro lugar”, diz o delegado Rodrigo Duarte, que investiga a morte do homem.

Ele ainda ouvirá mais pessoas para tentar esclarecer o crime. A mulher da vítima já foi ouvida, e relatou em depoimento as mesmas informações que registrou no boletim de ocorrência.

“A única certeza que temos é que foi uma execução, um crime de homicídio”, afirma o delegado.

Também não há nenhuma pista sobre suspeitos nem motivação para o crime.

Cofre

O caso do roubo do cofre está com o delegado Vitor Carnaúba, que ainda vai ouvir algumas pessoas dentro da investigação. Ele não tem suspeitos do crime, e também diz que não há como fazer relação entre o equipamento e o homem morto.

Cofre estava fechado, segundo a polícia — Foto: Jeferson Ageitos/RBS TV

Cofre estava fechado, segundo a polícia — Foto: Jeferson Ageitos/RBS TV

O cofre estava amassado e ainda não havia sido possível abri-lo até a tarde desta quinta-feira.

De acordo com ocorrência registrada pelo dono do apartamento, ele costuma deixar a porta aberta porque sua esposa é acamada. Uma cuidadora que fica com ela no turno do dia havia ido embora, e a cuidadora do turno da noite chegava ao local, quando três homens anunciaram o assalto e invadiram a casa.

Eles estavam armados, segundo o registro. Pediram dinheiro, e foram até um dos quartos onde estava o cofre. A cuidadora e a mulher não abriram o equipamento, e os homens as trancaram na cozinha. Em seguida, fugiram com o cofre.

Elas conseguiram acionar a Brigada Militar pelo telefone fixo da cozinha.

Dentro do cofre, conforme foi registrado na ocorrência, estavam guardadas joias, um revólver calibre 38 e notas de euro e dólar.

Como o cofre ainda não foi aberto e os objetos seguem dentro dele, a polícia ainda não conseguiu verificar o registro da arma para confirmar se o homem tem posse ou porte ou se há alguma irregularidade.

Fonte: G1

Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *