Criminosos atacam duas agências bancárias e obrigam moradores a fazerem cordão humano no Vale do Rio Pardo

Na fuga, reféns foram levados pela quadrilha e liberados logo depois

Uma quadrilha atacou duas agências bancárias no começo da tarde desta terça-feira (3), em Ibarama, no Vale do Rio Pardo. Conforme as informações preliminares da Brigada Militar, os assaltantes obrigaram as pessoas que estavam na rua a formarem um cordão humano. Em seguida, alguns integrantes do grupo entraram nos dois bancos, renderam funcionários e cometeram os assaltos. A modalidade de crime, quando a cidade é sitiada pelo bando, é conhecida como novo cangaço.

As agências bancárias atacadas são do Banrisul e do Sicredi. Ambas ficam na Rua Júlio Bridi, no centro da cidade, que tem cerca de 4,5 mil habitantes. Moradores relataram que diversos disparos de arma de fogo foram efetuados pelos criminosos para o alto, como forma de amedrontar as pessoas.

As informações preliminares indicam que o bando fugiu levando reféns em dois veículos, um Cruze, de cor branca, e um Golf cinza. As vítima teriam sido soltas minutos depois da fuga e passam bem.

A Brigada Militar está mobilizada na região para tentar capturar os assaltantes, que teriam fugido em direção ao município de Arroio do Tigre.

Aguarde mais informações

Fonte; Gaúcha/ZH

Compartilhe
  • 72
  •  
  •  
  •  
  •  
    72
    Shares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *