Governo do RS coloca à disposição estrutura hospitalar para receber pacientes de Manaus
Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Eduardo Leite confirmou ao G1 que contatou Wilson Lima, governador do Amazonas. Unidades de saúde do estado da Região Norte ficaram sem oxigênio nesta quinta-feira (14).

O governador do RS, Eduardo Leite, colocou a estrutura hospitalar do estado à disposição para receber pacientes vindos de Manaus, no Amazonas, como confirmou nesta quinta-feira (14) ao G1. A Capital vive uma crise sem precedentes com o avanço dos casos de Covid-19. Com internações batendo recordes, unidades de saúde ficaram sem oxigênio.

“Me coloquei à disposição para que o RS ajude como for necessário e possível ao estado. Mas não recebemos nenhuma demanda nesse sentido até agora”, disse. Ele entrou em contato com o governador do Amazonas.

O Ministério da Saúde tem convocado estados a receberem pacientes após o colapso nas instituições de saúde. Segundo o governo, a pasta ainda não requereu leitos ao Rio Grande do Sul.

“Estamos numa outra ponta do país, mas a solidariedade que o momento exige supera qualquer distância. Se for necessário, o RS está a postos”, disse Leite.

A Secretaria da Saúde do RS informou que o estado tem capacidade de oferecer atendimento. Ainda não é possível precisar quantos leitos estariam disponíveis. A pasta informa ainda que a oferta não prejudicaria o atendimento no estado.

A taxa de ocupação de leitos de UTI no RS é de 77,3%, com 2.041 pacientes em 2.640 leitos. Nesta quinta, a SES confirmou 9.790 mortes e 495,5 mil casos de Covid-19.

Fonte e crédito: G1


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •