Guarda municipal de Hortolândia morre por novo coronavírus um dia depois de completar 37 anos

Compartilhe
  • 94
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    94
    Shares

Prefeitura informou que elabora o quadro clínico para verificar se Alexandre Fernandes dos Reis possuía comorbidades. Agente era morador de Campinas e estava internado havia 10 dias.

O agente da Guarda Municipal de Hortolândia (SP) Alexandre Fernandes dos Reis, que completou 37 anos nesta segunda-feira (3), morreu na madrugada desta terça-feira (4) em decorrência do novo coronavírus. Reis estava internado havia 10 dias em um hospital particular de Campinas (SP).

Guarda de Hortolândia Alexandre Fernandes dos Reis tinha 37 anos e estava internado havia 10 dias  — Foto: Reprodução/Facebook

Guarda de Hortolândia Alexandre Fernandes dos Reis tinha 37 anos e estava internado havia 10 dias — Foto: Reprodução/Facebook

O agente de segurança estava na corporação há 10 anos, segundo a Guarda Municipal. É a primeira morte por Covid-19 registrada em guardas municipais da cidade, informou a prefeitura.

Alexandre Fernandes dos Reis era morador de Campinas, não era casado e nem tinha filhos, informou a prefeitura. Ainda não se sabe se ele possuía outras doenças.

“A Secretaria de Saúde está elaborando o quadro clínico para verificar se o GM possuía outras comorbidades. O velório não-presencial acontecerá no cemitério Parque Hortolândia, por volta das 13h30”.

Homenagem

Apesar da impossibilidade de aproximação por conta da pandemia, a prefeitura informou que agentes da Guarda Municipal prestarão uma homenagem ao companheiro à distância.

A página no Facebook Amigos da GM de Hortolândia postou uma homenagem a Reis. “Agradecemos todos momentos que estivemos com ele. Sabemos o quanto era querido por muitos”.

“Saiba que guardaremos boas lembranças de um grande amigo, um bom profissional e um grande zagueiro do nosso time. Vai com Deus, irmão”, completou a publicação.

Fonte: G1


Compartilhe
  • 94
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    94
    Shares