Jerri Naziazeno, conheça a história do alegretense que trabalha com a criançada

Abnegado pelo trabalho com a gurizada. O alegretense conta um pouco de sua história no município.

O alegretense Jerri Fernandes Naziazeno tem o dom de trabalhar com crianças. Ele é coordenador, instrutor, professor e técnico de futsal.

Atuante em vários projetos de futsal da cidade, a reportagem do Portal Alegrete Tudo foi conferir o trabalho deste abnegado professor que ensina muita gurizada a dar os primeiros chutes na bola.

Jerri orientando um treino na Arena Esporte e Lazer

Também pudera, Jerri tinha 12 anos, quando montou seu primeiro time com a parceria de amigos do Bairro Vera Cruz. Eles disputavam campeonatos que aconteciam no campo em frente a casa dele.

A premiação era um K-suco, aquele antigo envelopezinho que a nova geração não conheceu. Depois, com o apoio da irmã Guiovane, formaram outro time, o Argamassa Vera Cruz, que por muitos anos participou de vários torneios com sucesso.

Mais tarde, Jerri recebeu o convite do amigo Luís Antônio, para fazer parte do SER Ceva, onde olhando para o futuro ele sentiu a necessidade de ter categorias de base, na certeza de dar continuidade à equipe laranja da Cidade Alta. Para realizar esse trabalho, conta com o apoio da família, amigos e Deus.

“Estou sempre estudando e me aperfeiçoando, com busca de novas técnicas para melhorar meu desempenho e das crianças. Sou feliz realizando esse trabalho”, comenta Jerri. E foi assim que batemos um papo com um cara que ama o que faz. Se sente completo ensinando a gurizada.

Jerri comemorou o retorno dos treinos, mas, mesmo assim mantém os cuidados

Confira a entrevista:

Portal: Tu estás engajado em importantes projetos de formação de atletas. Como é este trabalho que tu realizas em Alegrete ?

Eu trabalho buscando os meninos nos bairros, divulgando e conscientizando a importância do esporte na vida de todos, com orientações para seguirem com sucesso, até mesmo em outras carreiras.

Portal: Além de lapidar atletas tu consegues formar cidadãos do bem. Qual a principal chave do teu trabalho com essas crianças ?
A principal chave é o carinho que tenho por todos. Trabalhando valores e buscando resultados, como rendimento escolar, convivência em família e na sociedade. Com interação e inclusão,
sempre.

Jerri ensina fundamentos do futsal para gurizada

Portal: Alegrete carece de incentivo na prática de esportes. Como tu vês essa carência no município ?

A carência do incentivo à do esporte é percebida na falta de projetos, espaços adequados e na realização de campeonatos. Ausência de incentivos tanto da Liga e governantes na parte esportiva.

Portal: Além do trabalho fantástico que realizas no SER Ceva, tu estás inserido no projeto da Arena Esportes e Lazer como estão estas atividades ?

O trabalho está sendo muito bom, porque possibilita o maior alcance de crianças com lugar, quadra, material esportivo e lazer, com apoio dos proprietários. Com inclusão de algumas crianças carentes, maior participação dos pais que visam projetos futuros.

Portal: Como treinador e orientador técnico como tu atravessou o pior momento da pandemia ?
Com a pandemia, as quadras e campos fechados e treinamentos suspensos, mantive contato sempre com as crianças, inclusive com desafios online de embaixadinhas e outros. Distribuição de kit com álcool gel e máscaras. Também mantive diálogos de aconselhamento de convivência e prevenção da Covid-19.

Portal: Em termos de futsal no geral, qual o teu maior sonho para a cidade de Alegrete ?
Meu maior sonho para minha cidade é que Alegrete tenha equipes capazes de participar de campeonatos, como série ouro e prata, com o apoio de toda a comunidade incluindo as categorias de base.

O aprendizado é constante, diz Jerri

Portal: Qual a tua principal reivindicação para os políticos em 2022 ?
Que em 2022, as promessas do período eleitoral sejam cumpridas e nossas solicitações atendidas.

Portal: Recentemente tu abraçou mais um trabalho. Fazes parte da comissão técnica do Flamenguinho. Como está o trabalho com as categorias de base do rubronegro ?

Estou começando um trabalho no Flamenguinho, com o apoio de todos, pois somos uma equipe. Fui indicado pelo treinador Batista, que já realiza um bom trabalho nas categorias de base. Tenho por objetivo abranger maior número de crianças, oportunizar o desenvolvimento de atletas e futuros jogadores.

Portal: Que vocação é essa que tu carregas em gostar de ensinar a gurizada. De onde vem essa força, determinação e paciência para realizar as atividades ?
Como te disse, iniciei aos 12 anos, minha família sempre apoiou. Tá no sangue, eu gosto de mobilizar as pessoas. Acredito que fui enviado com essa missão e procuro cada vez desempenhar da melhor forma. É prazeroso trabalhar com crianças. A gente ensina mas também aprende. Faço porque gosto, o esporte é saudável e agrega muito. Não é só futebol. A integração com outros alunos, o convívio com os pais na beira da quadra. É todo um conjunto que lá na frente vai fazer a diferença na vida deles, seguindo ou não no futebol, eles serão cidadãos.

Jerri cativa gurizada a cada treinamento.

Portal: Qual a mensagem do Jerri para a criançada neste dia 12 de outubro?
Minha mensagem para as crianças neste dia é que somente se constrói um bom futuro com honestidade, caráter e empatia. Buscar a felicidade com responsabilidade e união. O esforço de hoje será reconhecido e recompensado amanhã. Que Nossa Senhora Aparecida abençoe a todos.

Fotos: acervo pessoal

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários