Josie Pillar, a porto-alegrense que adotou Alegrete e se destaca no trabalho com PCDs

A porto-alegrense Josie dos Santos Pillar, é graduada em Educação Física pela Ulbra de Canoas, possui Pós-graduação em Libras docência e Tradução e interpretação em Libras.
Professora na Urcamp desde 2010, no curso de educação física, chegou em Alegrete em 2009, de lá para cá, como uma alegretense de coração, literalmente vestiu a camisa e se dedicou a inúmeras atividades com pessoas com deficiência (PCDs). É professora no Senac, ministrando diversos cursos.
Josie possui diversos cursos na área de Libras e Educação Física adaptada. Já participou do PARAJIRGS, JARS e duas Paralimpíadas Escolares em nível nacional. Esteve no PARACERGS e olimpíadas estaduais das APAES, onde faz um trabalho elogiável proporcionando diversos atletas a vencerem seus desafios.
O Portal Alegrete Tudo propôs um desafio a professora que topou na hora. Responder algumas perguntas sobre sua trajetória de sucesso e o trabalho desenvolvido na 3ª Capital Farroupilha, que frutifica a cada ano que passa.
Confira os principais trechos da entrevista:

Portal: Numa avaliação geral, como foi o ano das professora Josie ?

Meu ano de 2019, foi de superação. Um ano que iniciou cheio de perspectivas positivas e que teve, em alguns momentos, altos e baixos, mas junto do meu esposo José Rubens e de grandes amigos e parceiros consegui superar todos os desafios que surgiram!  Hoje me sinto fortalecida!

Portal: Tu tens um forte envolvimento com crianças, adolescentes e até adultos, pessoas com deficiência. Como é este trabalho ?

Sou apaixonada pelo trabalho que realizo com as pessoas com deficiência (PCDs), e sou muito grata a todos eles por me ensinarem diariamente a ser uma pessoa melhor, me orgulho de vê-los mostrando a toda a sociedade que “Sim, nós podemos!” Que o mais importante é escolher ser feliz, que limitações todos temos e que precisamos superar, que se nós podemos sonhar, nós podemos sim realizar, basta acreditarmos no nosso potencial.

Portal: Em 2009, tu chegaste em Alegrete, vinda da capital do estado. Lembras qual foi o teu primeiro trabalho na comunidade ?

Quando cheguei em Alegrete tive a oportunidade de trabalhar na APAE e na URCAMP, realizando um trabalho refente aos esportes adaptados, minha grande paixão, onde pude colocar em prática os conhecimentos e as experiências vivenciada na época da faculdade e nos estágios curriculares obrigatórios do curso de Educação Física da Ulbra/ Canoas. Na APAE trabalhei durante 7 anos, local onde fiz muitas amizades entre colegas, funcionários e alunos, hoje sou voluntária desta instituição que me acolheu com tanto carinho e que tenho grande admiração pelo trabalho que é realizado por todos com muito amor e carinho. Digo que uma vez Apaeana, sempre apaeana.

Portal: E o trabalho como educadora física na Universidade da Região da Campanha ?

Na URCAMP permaneço até os dias atuais, e espero seguir por muitos e muitos anos, pois amo estar em contato com os acadêmicos e a plantar “sementinhas”. Digo isso porque sempre tento e felizmente inumeras vezes consegui plantar a sementinha da inclusão e do paradesporto. Já “colhi” frutos excelentes, profissionais que assim como eu acreditam nos seus alunos com deficiência vendo neles potencialidades e não as limitações. E que hoje são voluntários da Associação Esporte para Todos levantando a bandeira do paradesporto.

Portal: Com muitas atividades desenvolvidas aqui, qual a que mais te marcou até o momento ?

Todos os trabalhos que realizei em Alegrete, foram importantes e marcantes: o movimento referente ao paradesporto, a formação do grupo Esporte para Todos, a disseminação da Libras, o envolvimento com a comunidade surda, a luta por direitos e acessibilidade para as pessoas com deficiência, o Câmbio -vôlei adaptado para Terceira idade, entre outros, mas acredito que o Seminário “Superação”, que aconteceu em setembro deste ano, foi algo muito profundo e emocionante pois reuniu um pouco de todos os trabalhos desenvolvidos num único evento. Foi algo muito desafiador e que pude contar com o apoio de inúmeras pessoas que abraçaram a causa comigo, pessoas incríveis que sem elas este sonho não teria virado realidade, um trabalho desenvolvido e executado através de muitas mãos e corações, num tempo recorde em que todos foram desafiados e que todos se superaram! A equipe Esporte para Todos me enche de orgulho, e fico muito feliz por perceber que essa equipe está cada vez mais crescendo e se fortalecendo.

Portal: Já são 10 anos em Alegrete. O que mudou neste tempo que te motivou em se dedicar integralmente para as PCDs ?

Nestes 10 anos que estou em Alegrete, tenho muito orgulho em dizer que o nosso município sempre foi muito bem representado em eventos esportivos para PCDs, a nível estadual e nacional. O paradesporto se desenvolveu na nossa cidade e segue crescendo, sou muito grata, pois graças aos próprios atletas, os voluntários, os familiares, a comunidade e as duas gestões municipais que estavam a frente durante este período foram fundamentais sempre nos incentivando e nos apoiando de diversas formas, fez com que o nosso movimento tivesse o grande sucesso que tem hoje.

Portal: Como educadora física, o que tu achas que precisa para Alegrete construir um ginásio municipal ?

Sobre termos um ginásio municipal em Alegrete, este é um grande sonho que espero que em seguida se torne realidade pois existe uma necessidade urgente. Na minha opinião é muito fácil ficarmos de braços cruzados cobrando e criticando os gestores municipais pelas carências do nosso município, acredito que se desejamos algo precisamos manifestar os nossos desejos através do diálogo solicitando apoio e buscando contribuirmos através de muitos caminhos. Mas digo por mim própria que a união faz a força, penso que se fizéssemos um grande movimento na cidade com apoio das empresas locais e a comunidade em geral, teríamos sim esse sonho realizado. Lanço aqui então este grande desafio, para que façamos uma comissão de trabalho para juntos irmos em busca destes parceiros para que logo logo este sonho se torne realidade.

Portal: Seria o primeiro desafio de 2020 ?

Lançado o desafio me coloco a disposição para juntos tentarmos transformar este sonho em realidade. É fundamental que todos tenham essa consciência, pois o ginásio municipal com certeza irá  contemplar e beneficiar a todos nós que residimos aqui, pois esporte é vida, numa comunidade viva temos atletas: iniciantes, amadores e profissionais, pessoas em busca de lazer, telespectadores esportivos, pessoas com deficiência que precisam ser reintegrados na sociedade e o esporte é fundamental neste processo, assim como também é fundamental para salvarmos os nossos jovens das drogas e dos exageros no uso das tecnologias, que vieram para nos ajudar e muito mas que também tem o ônus de nos tornar uma sociedade sedentária e doente.

Portal: Em 2020, qual o teu sonho para todas essas pessoas que dependem do teu trabalho e estímulo para continuarem a praticar todos os tipos de esportes, se superando a cada dia?

O meu desejo para 2020 é que os nossos atletas PCDs do nosso município sigam nos enchendo de orgulho como já estão fazendo, se dedicando aos treino e competições e indo em busca dos seus sonhos. Desejo também que a Associação Esporte para Todos siga se fortalecendo e crescendo com a adesão de novos atletas, voluntários e apoiadores. Destes 10 anos que estou aqui em Alegrete só tenho gratidão, sou alegretense de coração, amo essa terra, sou muito feliz vivendo aqui ao lado dos meus amores José Rubens Rosa Pillar e do meu amado Caetano, convivendo com os amigos que conquistei e que considero como a minha segunda família, aos alegretenses que me acolheram e que são meus grandes parceiros neste lindo e apaixonante movimento da inclusão e dos esportes adaptados. Não é pra me exibir mas este povo do Alegrete tem seu diferencial. Em 2020 desejo um Alegrete cada vez melhor com mais empatia, luz, amor e paz para todos nós. Vida longa aos esportes adaptados.

Júlio Cesar Santos                        Fotos: Stop, Fátima Marcanth e Vanessa Barcellos

Compartilhe
  • 816
  •  
  •  
  •  
  •  
    816
    Shares