Mesmo no pior momento da pandemia, a população não se conscientiza e continuam as aglomerações
Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O alerta está sendo emitido desde o início de abril. São medidas que podem controlar a disseminação do vírus de forma mais agressiva e que possa acarretar a saturação aos órgãos de saúde. Este quadro já foi registrado em Alegrete. Por vários momentos, houve lotação total dos leitos da UTI Covid-19, com transferências de pacientes.

 

O número de óbitos foi considerável na última semana, o maior índice registrado no Município, desde que iniciou a pandemia. O Governo do Estado apontou duas regiões como de altíssimo risco de contágio e Alegrete, pela quarta semana consecutiva, permaneceu no risco alto de contágio, ou seja, na bandeira vermelha, porém, com observações em relação ao alto número de casos positivos também.

Mulher encontra o irmão morto na porta de casa

Mesmo assim, na madrugada de sábado(12), as guarnições da Brigada Militar foram acionadas devido a situações de aglomerações em frente à estabelecimentos comerciais(bares). Em um dos pontos, segundo os PMs, havia mais de 30 pessoas , a maioria sem máscara. Foi realizado boletim de atendimento.

Efeito Coronavírus: fome já bate à porta de muitas famílias de Alegrete

Nos estabelecimentos que não estavam cumprindo as determinações de distanciamento social e os protocolos sanitários, os policiais conversaram com proprietários e clientes e a situação foi resolvida sem nenhum incidente.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •