Netflix lançará série sobre o incêndio da Boate Kiss

O primeiro dia de julgamento do incêndio da boate Kiss aconteceu na quarta-feira (1/12) no Foro Central de Porto Alegre.

Netflix lançará série sobre o incêndio da Boate Kiss
Netflix lançará série sobre o incêndio da Boate Kiss

São acusados pelo Ministério Público os empresários e sócios da casa noturna, Elissandro Spohr e Mauro Hoffmann, o músico Marcelo de Jesus do Santos e o produtor musical Luciano Bonilha Leão. As acusações são referentes aos crimes de homicídio simples com dolo eventual de 242 pessoas e tentativa de homicídio de outras 636 que sofreram ferimentos na tragédia.


No dia 26 de janeiro de 2013, às 23h, começava a festa Aglomerados, organizada por estudantes da Universidade Federal de Santa Maria. Infelizmente, o que era pra ser uma noite de diversão e felicidade, se transformou em uma tragédia. Na madrugada, em meio à apresentação de uma das bandas contratadas pela festa, a Gurizada Fandangueira, o vocalista, em um dado momento, ascendeu um sinalizador, mas o artefato pirotécnico soltou faíscas que atingiram o teto da boate, o qual era revestido de um isolamento acústico, feito de espuma.


Embora os integrantes da banda e os seguranças tenham tentado apagar o fogo, as chamas se espalharam rapidamente por toda a boate. Investigações detectaram uma série de irregularidades no local e, conforme relatos das vítimas, os seguranças – que estavam na única porta de saída – por não saberem da existência do incêndio, inicialmente, impediram a passagem das pessoas que tentavam fugir das chamas.


Para mostrar de forma clara e verdadeira o que de fato aconteceu naquela trágica noite, a Netflix, recentemente, anunciou que está produzindo uma série sobre o incêndio da Boate Kiss. A produção é baseada no livro “Todo Dia a Mesma Noite”, da jornalista Daniela Arbex. No livro, lançado em 2018, Arbex apresenta uma extensa reportagem que retorna para a madrugada do dia 27 de janeiro de 2013.


Para a construção da série, a autora conversou com sobreviventes da tragédia, familiares das vítimas, membros das equipes de resgate e profissionais da área da saúde que acompanharam o caso de perto. Além disso, a nova produção da Netflix vai mostrar as consequências dos descuidos de empresários e políticos em relação às casas noturnas.


João Baptista Favero Marques

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários