Direção da Santa Casa faz radiografia das instalações e novos projetos do Hospital

A  direção da  Santa Casa de Caridade de Alegrete  convidou os vereadores para uma visita  às suas instalações a fim de mostrar   sua estrutura de funcionamento, inovações e projetos.

Direção da Santa Casa faz radiografia das instalações e novos projetos do Hospital
Direção da Santa Casa faz radiografia das instalações e novos projetos do Hospital

Na manhã da última quarta-feira, a programação foi desenvolvida envolvendo dois momentos: o primeiro, um verdadeiro tour  interno em que o provedor Roberto Segabinazi  e sua equipe de apoio mostraram o tamanho da estrutura física da  Santa Casa. Depois, uma reunião  no auditório do Hospital em que foi detalhada aos vereadores toda a dinâmica de funcionamento, custos  e novos projetos. Ao todo, sete vereadores  acompanharam a visita. E ouviram  da direção do hospital os novos desafios como a ampliação do centro cirúrgico, de 4 para 7 salas de cirurgia e de 6 para 12 o número de salas de recuperação. O provedor disse que o projeto de ampliação da UTI está pronto.

Direção da Santa Casa faz radiografia das instalações e novos projetos do Hospital
Direção da Santa Casa faz radiografia das instalações e novos projetos do Hospital

A Santa Casa vai investir na usina de Oxigênio, está concluindo uma nova área para abrigar o antigo tomógrafo. O dinheiro para a obra está saindo da campanha  que arrecadou  quase R$ 400 mil para a compra do tomógrafo, mas como chegou o novo equipamento   do Ministério da Saúde, o valor arrecadado  está sendo aplicado na obra.

Na  visita  aos setores internos, foi mostrada a usina fotovoltaica que já  produz 50 por cento do consumo de energia do hospital. Em área anexa  que já está recebendo  aterro, vai ser construída a Casa de Acolhimento com recursos na ordem de R$ 500 mil conseguidos através do deputado Zucco. No local também será construído  o ambulatório de gestante de alto risco.

Acabou a meia noite de hoje estacionamento nos Patinhos durante a madrugada

Foi mostrado aos vereadores o setor de lavanderia  que lava 850 quilos de roupa por dia, não só do hospital mas também de postinhos de saúde. São 22 funcionários  para um tempo de trabalho de 13 horas. Tem o serviço de costureira  para produzir roupas  e  fazer enxovais de  cama e  mais o trabalho de uma estofaria.

O setor de higienização  emprega 32 funcionários e um custo considerável de material de higiene. Roupas que são encaminhadas para a área suja levam duas horas para a lavagem utilizando 2,5 mil litros de água para cada 100 Kg de roupas.

Direção da Santa Casa faz radiografia das instalações e novos projetos do Hospital
Direção da Santa Casa faz radiografia das instalações e novos projetos do Hospital

Foram visitados  o ambulatório,. Residência médica, hemodiálise, setor que vem apresentando prejuízos, mas a direção da Santa Casa negocia com a Prefeitura uma forma de viabilizar o funcionamento  da Hemodiálise. Uma rápida passagem na Maternidade, na  Neonatal considerada o cartão de visita da Santa Casa, referência no Estado. Os vereadores conheceram a primeira sala humanizada  para o parto normal . Na UTI Neonatal, que tem 10 vagas, sendo oito para SUS, a recuperação de recém nascidos  mostra a dedicação e competência da equipe. Lá estão   recém nascidos  com 500 gramas de peso , considerados de altíssimo risco,conforme relatou aos vereadores  a médica Marilene Campagnolo, diretora técnica do Hospital. Foi citado o caso de um  bebê que nasceu com 500 gramas, internado na  UTI Neonatal já está com 780 gramas. E assim como este,  outros casos em que a Neo consegue mandar para casa bebês com excelente qualidade de vida. O provedor mostrou o projeto  da Unidade Intermediária da UTI Neonatal  que será importante suporte para a Neo.

Panificador encontra estabilidade financeira longe daqui, mas sonha em voltar ao Baita Chão

Direção da Santa Casa faz radiografia das instalações e novos projetos do Hospital
Direção da Santa Casa faz radiografia das instalações e novos projetos do Hospital

Há o projeto das salas vermelhas, semi UTIs para situações de emergência. Foi mostrada a Oncologia  habilitada pelo IPÊ. O Posto 2 que deverá ser ampliado e com banheiro em todos os quartos.

No segundo momento da visita, os vereadores  ouviram atentamente a exposição do provedor Roberto Segabinazi e de Tailise Ribeiro Lemes, diretora operacional, mostrando  a realidade do Hospital através dos números. Fundada em 1872, a Santa Casa atende  aos 11 municípios da região no âmbito da 10ª. CRS, onde moram quase 500 mil pessoas, das quais 80 por cento SUS.
A importância da UPA

A Unidade de Pronto Atendimento – UPA – começou suas atividades no final de 2014, sob a gestão da Santa Casa e faz Parte da rede  de urgência e emergência da cidade, unidade intermediária entre a atenção básica  de saúde e o hospital.Foram mostrados os números da UPA, no período de janeiro a agosto deste ano, chegando a 33.276 pacientes atendidos, numa média diária de 136 pacientes. Na modalidade pouco urgente, o maior número de atendimentos, com o percentual de 62,2 por cento, seguido de Urgência  com 16,35 por cento. Há dois médicos plantonistas 24 h  e com 3 leitos para urgência, 10 leitos para observação e 3 leitos isolamento.A UPA recebe repasses do Município, Estado e União.

Projetos em Andamento

Estiveram presentes na Santa Casa  os vereadores  João Leivas, Itamar Rodriguez, Glênio Bolsson, Dileusa Alves, Jaime Duarte, Luciano Belmonte  e Bispo Ênio Bastos. Na sala de  reuniões, os vereadores ouviram do provedor Roberto Segabinazi e da diretora técnica Tailise Ribeiro Lemos, os projetos  em andamento: Além da Casa de Acolhimento  de Mães e egressos da UTI Neonatal e mais o ambulatório de gestantes de alto risco,  a Santa Casa ataca em outras frentes para melhorar  a capacidade de atendimento do Hospital com mais espaço e  inovação.

Assim está a implantação de novo centro cirúrgico, a aquisição de   nova mamografia digital, o serviço de hemodiálise em negociação com  a Prefeitura, o novo tomógrafo,  a ampliação do ambulatório com a realocação do antigo tomógrafo. Foi mostrado sobre  a unidade de cuidados intermediários da Neonatal, assim como a reforma do Posto 2, tão aguardada, em licitação pela Prefeitura, a reforma do Posto 3 com a ampliação de 10 novos leitos psiquiátricos.  A provedoria ainda relatou sobre  o Planejamento Estratégico da Santa Casa  através de uma consultoria do Hospital Moinhos de Ventos  de Porto Alegre e o Projeto Viva a Santa Casa.

Saiba como manter os insetos longe da sua casa

Aos vereadores foi também relatado sobre o Programa de Residência Médica, em clínica médica e psiquiatria, numa parceria com a Prefeitura com 4 residentes ativos em, clínica médica e 6 residentes  em Psiquiatria, sendo um referencial para Alegrete.

A Santa Casa tem um quadro de 666 funcionários, sendo 580 efetivos, 86 afastados, 52 estagiários e 105 terceirizados. O custo de pessoal/mês  chega a R$ 2.850.235,00.

A  direção da  Santa Casa reforçou aos vereadores sobre a necessidade de convencer seus deputados no sentido de destinarem  emendas parlamentares    que estão sendo muito  importantes  para o hospital. E foi destacado também  sobre as emendas impositivas dos vereadores   que são direcionadas para esta instituição de saúde.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários