Nível do Rio Ibirapuitã segue subindo; sete famílias estão desabrigadas

Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Alegrete registrou em janeiro deste ano a maior enchente dos últimos 60 anos, quando 7 mil pessoas tiveram que sair de casa e o nível do Rio Ibirapuitã alcançou 14m. Foi decretada situação de emergência e o EFiPAN foi cancelado.

Coincidência ou não, as cheias, atingem o município e famílias são retiradas de casa, justamente no final de semana em que inicia a competição.

A última aferição realizada pela Defesa Civil, neste sábado (27), apontou que o nível do Rio Ibirapuitã segue subindo, às 19h45min.,estava 8m45cm acima do normal.

Até o momento, sete famílias estão desalojadas e ou desabrigadas. Destas, quatro da Vila Nova retiradas na noite passada e, neste sábado,três sábado três famílias do bairro Santo Antônio. Uma foi para casa de familiares, outra para uma volante e a terceira para o Ginásio Oswaldo Aranha.

De acordo com a coordenadora, Maysa Moreira, a Defesa Civil mantém o alerta e está realizando acompanhamento dos locais de risco, monitorando as casas ribeirinhas.

A coordenadora pede para que as pessoas sejam preventivas quanto aos móveis, roupas e demais objetos pessoais.

A previsão para este domingo é de sol com algumas nuvens. Não chove. Mínima de 7°C e máxima de 17° C.

Já na segunda a chuva deve retornar com a previsão de 10mm. Mínima de 11°C e máxima de 18° C.Os telefones da Defesa para ocorrências são: 3961 1606 ou 99147 7276.

Foto: Defesa Civil


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •