O Portal da Esperança já foi um depósito de lixo beira trilho

Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Atitudes realmente fazem a diferença nos dias atuais. Quem acredita que com sua vontade e trabalho possa mudar local público que venha servir pessoas de uma rua ou logradouro são os que mudam situações.

Assim foi o que fez, em 2018, a dona de casa, Jacira Menezes, que viu o espaço, beira trilho, entre as ruas Vasco Alves e Gaspar Martins que era tomado por ervas e lixo que podia ser transformado num jardim. Foram meses garimpando objetos, distribuindo no espaço para que se transformasse no Portal da Esperança.

Ela juntou pneus velhos, objetos e aos poucos foi montando o jardim público. E conforme as espécies de cada estação, as flores  coloridas espalham beleza e perfume ao local.

 

 

-Isso estava atirado com sujeira e vi que poderia mudar, e com ajuda de alguns comecei a montar o jardim. Sempre estamos ajeitando e cuidando esse espaço não é meu e sim da comunidade, aqui do bairro Macedo e adjacências, destaca.

O Portal da Esperança mostra o que a boa vontade e criatividade podem fazer por  locais públicos como este, quase no centro de Alegrete.

Do mato e lixo, hoje quem quiser tomar chimarrão ou simplesmente apreciar o local verá o que é possível para quem acredita na transformação e cuida. Outro exemplos parecidos como este são visto no Capão do Angico e outros bairros, da cidade, onde as pessoas também embelezaram espaços públicos.

Vera Soares Pedroso

 


Compartilhar
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •