Polícia Civil prende homem por homicídio, porte irregular de arma de fogo e ameaça
Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Na tarde de quinta-feira, 18, a Brigada Militar juntamente com agentes da 2ª DP apresentaram na DPPA de Uruguaiana um homem que teria matado em uma zona rural um capataz com quem trabalhava em conjunto, inicialmente apresentada como ocorrência de legítima defesa na qual o autor teria desferido um disparo no peito da vítima por ter essa partido para cima dele com uma faca.

Contudo, após a apresentação das testemunhas oculares do fato que trabalhavam no referido rancho, todas ouvidas na DPPA, sob a coordenação pessoal do Delegado de Polícia Rodrigo Bernardes de Assis, após uma ação rápida de identificação de diversas testemunhas foi possível verificar a ausência de ação agressiva por da vítima antes de sua morte, afastando a possível legítima defesa, e demonstrando que na realidade ela foi, de fato, executada na frente de sua esposa e filho de 8 anos. No momento do fato, o autor inclusive insultou racialmente a vítima já atingida e ameaçou uma das testemunhas que tentou socorrer a vítima já agonizando no chão.

A motivação do homicídio foi fútil, vez que se relacionava a uma disputa de atribuições na empresa e desentendimentos acerca de um cerceamento que estava sendo retirado propositalmente pelo autor.

Em razão do porte ostensivo do armamento calibre .22, o autor foi ainda autuado pelo art. 14, da Lei n. 10.826/2003.

Diante dos fatos e da condução policial do indiciado até a DPPA após ciência da autoria, foi dada voz de prisão em flagrante e lavratura do respectivo auto, e encaminhado pedido de prisão preventiva pela garantia da ordem pública e conveniência da instrução processual já que o autor ameaçou a testemunha ocular do fato.

O indiciado foi encaminhado ao Sistema Prisional.

O inquérito ficará a cargo da 2ª DP – Uruguaiana.

A Polícia Civil do Rio Grande do Sul está sempre pronta para SERVIR e PROTEGER.

Fonte: POLICIA CIVIL/DPI/4ªDPRI/ DPPA e 1ª DP Uruguaiana

 


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •