Santa Casa superlotada e pacientes aguardam leitos na UPA

O frio e a umidade são fatores que potencializam a incidência de doenças respiratórias e as crianças e os idosos são os mais sensíveis. As baixas temperaturas também causam o aumento da pressão arterial, e para quem sofre de hipertensão, isso é um perigo para causar AVCs e outros problemas circulatórios.

Com esse quadro climático, a Santa Casa está com  seus 174 leitos ocupados, sendo a maioria do SUS. A UPA também está permanentemente com muitos pacientes e, dentre estes, os com problemas respiratórios, AVCs, dentre outros .

De acordo com a enfermeira, Thaiana Silva Ribeiro- responsável pela enfermagem do Hospital e da UPA, a unidade tem como acomodar até desocupar leito na Santa Casa, 17 pessoas. Atualmente, cinco pessoas aguardam leitos e estão recebendo cuidados na UPA.

Ela diz que só vai para internação, na medida que desocupam leitos, os casos mais graves e não pelo tempo que estiverem aguardando na UPA. Na unidade de pronto atendimento, destaca a enfermeira, eles recebem todo cuidado necessário, sem distinção.

Para evitar doenças respiratórias é muito importante evitar aglomerações, lavar bem as mãos, tomar bastante água, arejar a casa, dentre outros cuidados que ajudam a prevenir doenças comuns nesta época.

Vera Soares Pedroso

Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *