Agente da Susepe morto em resgate a preso em Caxias será sepultado em Santa Catarina
Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Outro agente que foi ferido em ataque a tiros na UPA Zona Norte se recupera no hospital

O corpo de Clovis Antonio Roman, 54 anos, morto a tiros por um preso que escoltava na madrugada de segunda-feira (7), na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Zona Norte, em Caxias do Sul, será sepultado às 16h desta terça-feira (8). O sepultamento será no Cemitério da Comunidade de Linha Leste, no município de Descanso, em Santa Catarina. Ele trabalhava na Susepe há cerca de três anos.

Já o colega dele, um agente de 42 anos, que foi ferido durante o ataque a tiros para resgatar Guilherme Fernando Huff, 29, segue internado em um hospital da cidade. Ele passou por cirurgia após receber um tiro de calibre 12. O servidor foi atingido no fêmur, perna, quadril e uma das mãos. Ele saiu do bloco cirúrgico às 21h de segunda-feira e segue hospitalizado. Segundo o Secretária da Administração Penitenciária (Seapen), Mauro Hauschild, o agente está consciente e fora de perigo, mas passará por uma nova cirurgia para retirada de estilhaços que ficaram alojados.

Outros dois funcionários da UPA, uma higienizadora e um agente de portaria, também ficaram feridos, mas estão bem, segundo a prefeitura.

Fonte: Gaúcha/ZH


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •