Angelos Oeste vai investir cerca de 10 milhões em Memorial em Alegrete

Em fase de elaboração, o projeto Memorial Angelos de Alegrete, foi apresentado no dia 05/10 durante encontro com entidades políticas e demais representantes do município.

O projeto segue em preparação por conta de adequações que estão sendo realizadas, respeitando o plano diretor do município, assim como as liberações dos licenciamentos para o início da obra.


A previsão é que a construção comece no primeiro semestre de 2023 e deve receber um investimento de R$ 10 milhões.

O conceito possui detalhes que foram sendo agregados por conta de buscas de conhecimentos em diversas partes do Brasil e do mundo que fizeram e deram ao empreendimento caráter de ineditismo, conservando uma característica fundamental que é de ser sustentável sem que ocorra qualquer tipo de contaminação por solo ou ar, graças ao seu sistema de troca de gases das gavetas.

Esta técnica é denominada Decomposição Aeróbica, que utiliza da tecnologia aplicada para reduzir em menos da metade o tempo de decomposição dos cemitérios atuais.

Crianças e jovens se destacam em projetos da ADRA da Igreja Adventista


Serão 3 mil m² que devem contemplar uma estrutura de 3 pavimentos, com ossuários, gavetas, salas velatórias, Espaço Memória para a preservação de cinzas e atendimento funerário. A edificação disponibilizará o cemitério humano e possivelmente também contará com o cemitério para pets.

Para o presidente da Angelos Oeste, Júlio Pérsio Garcia Lopes, o processo de funcionamento foge da cultura tradicionalmente conhecida. “A técnica é altamente moderna e encantadora com acessibilidade para todas as classes. ”

Trabalhadores dos chamados ‘espaços confinados’ têm nova norma do Ministério Público do Trabalho

O Memorial Angelos será construído na Avenida Liberdade, em Alegrete. A empresa ainda planeja levar o modelo de cemitério sustentável para outras cidades do Estado em que já possui os serviços de assistência familiar.

Com 17 anos de história, atualmente a Angelos Oeste modernizou sua marca e se readequou ao mercado com a visão de futuro e tecnologia. Presente em 11 cidades do Rio Grande do Sul (Uruguaiana, Alegrete, Santana do Livramento, Rosário do Sul, Manoel Viana, São Francisco de Assis, Cacequi, Santa Maria, Cruz Alta, São Borja e Itaqui) gera atualmente cerca de 300 postos de trabalho.

Outro projeto em andamento é o crematório humano e o crematório pet, ambos em Uruguaiana. O planejamento conta com edificações separadas e forno crematório exclusivo para humanos e outro para animais de pequeno porte.

Daniel Freitas – Assessoria de Comunicação Angelos Oeste

Projeto – arquiteta Mariana Schinini

Fotos: Comunicação da Prefeitura de Alegrete

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários