Carro incendiado, na BR 290, pode ter sido usado no assassinato de jovem

Bombeiros de Alegrete realizaram a extinção das chamas em um Fiesta, na BR 290, em Alegrete.

Segundo informações, a guarnição foi acionada por motoristas que trafegavam na rodovia e identificaram que o carro estava em chamas, próximo ao KM 581. Os Bombeiros chegaram rápido ao local, mesmo assim, o veículo foi totalmente consumido pelo fogo.

Foto: Alex Stanrlei

No local, não havia motorista ou qualquer pessoa que pudesse informar o que teria ocorrido. A placa do Fiesta indica que a origem é Tapejara.

A suspeita é de que o veículo pudesse ter sido usado pelos autores do homicídio de Arthur Bicca Leães, poucas horas mais cedo, pois a informação foi de que um Fiesta prata teria sido visualizado saindo do endereço, logo após os disparos de arma de fogo. Entretanto, pelo que foi apurado, até então, pelo PAT, a placa não é a mesma que foi repassada por testemunhas.

Contudo, fica o mistério de um Fiesta abandonado e incendiado às margens da rodovia, nas imediações da cidade, pois o sinistro foi entre o Trevo de acesso à Avenida Assis Brasil e a Ponte Branca.

A Polícia Rodoviária Federal, os Bombeiros e a Brigada Militar estiveram no local. Segundo os PRFs, o veículo seria removido do local pois há risco de outros acidentes.

Moradora denuncia que família limpa entrada de bairro em troca de alimento

O incêndio foi por volta das 22h40min, deste sábado(23), na BR 290 em Alegrete.

O homicídio

Arthur Bicca Leães de 21 anos foi executado no início desta noite em frente à sua residência. Ele estava chegando em casa quando foi atingido por vários disparos de arma de fogo 9mm, ainda dentro do seu carro, um Gol. Arthur chegou a ser socorrido, mas não resistiu e morreu no hospital.

Fotos: PAT e Alex Stanrlei

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários