Cena dantesca de abigeato na área urbana da cidade

Mais uma cena que denota a crueldade dos abigeatários. Além de Isso representar um grande risco à saúde pública.

Abigeato em Alegrete
Abigeato em Alegrete

Na manhã de quinta-feira(15), um leitor do PAT se deparou com partes de uma rês abandonada no final da Avenida Tiaraju, quase no entroncamento com a RSC 377, conforme relato.

Ele disse que o animal foi carneado e retiradas algumas partes nobres, o restante ficou jogado à beira da Avenida. No momento em que ele passou, não havia pessoas nas imediações, portanto, não soube precisar mais detalhes da cena dantesca e cruel. Até o momento em que a reportagem foi concluída, ainda, não havia registros sobre o caso na Delegacia de Polícia. Também não há informações sobre a origem do animal, já que as imagens foram enviadas pelo leitor, que não identificou nenhum sinal ou marca.

Varal Solidário e cortes de cabelo gratuitos no Bairro Tancredo Neves

O crime de abigeato, ou furto de animais, tem como vítima direta o produtor rural, suprimindo bens que garantem sua subsistência e de sua família, mas o produtor rural não é a única vítima, visto que a prática submete a carne à má conservação e cuidados durante e após o abate. Isso representa, um grande risco à saúde pública.

Pois, a carne pode ser colocada no “mercado” sendo um produto de baixa qualidade e possivelmente nocivo à saúde do consumidor.

A implementação de uma Delegacia Especializada de Combate aos Crimes Rurais e Abigeato em Alegrete, vem sendo gestionada pelos políticos do Município com apoio de Deputados.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários