Com o fechamento da ESF do Bairro Assunção usuários serão remanejados

Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A informação do fechamento da Estratégias de Saúde da Família (ESF) do bairro Assunção gerou um grande debate na cidade na quarta-feira(19). Nas redes sociais a publicação de alguns usuários questionava os motivos e com receio de ficarem desassistidos, entre outras colocações. A reportagem do PAT conversou com a secretária de Saúde, Bianca Casarotto, para saber o motivo do fechamento e quais as medidas a partir desta informação.

Conforme a Secretária, na última sexta-feira eles foram surpreendidos com a solicitação de entrega da casa. O proprietário do imóvel deu um prazo, de acordo com o contrato, de 30 dias para a desocupação. Diante deste fato e, sem recursos federais ou municipais para construir uma ESF naquela localidade, além da dificuldade de imóveis que possam comportar tal estrutura, iniciou um estudo de como poderia ser realizada uma adequação para que, sobretudo os pacientes não ficassem desassistidos.

Em reuniões com Prefeito e equipe responsável, foi decidido que será feita uma readequação da área. Portanto as pessoas que correspondem à ESF Assunção, como bairro Medianeira, Assumpção, Independência e São João, assim como o próprio Presídio, terão atendimento garantido, porém, na ESF da Avenida Rondon, Cidade Alta e PAM.

A reorganização e encaminhamento dos pacientes, conforme a Secretária Bianca, vai ocorrer de forma que nenhum seja prejudicado. Ela ainda salientou que a população deve enxergar a mudança como um ganho, porque nas demais ESFs a estrutura é de acordo com o Ministério da Saúde, isto trás benefícios como sala de vacina, atendimento odontológico e com nutricionista.

Outro detalhe muito importante é relacionado à equipe. Bianca deixa claro que toda ela será remanejada à ESF da Rondon sem que as pessoas percam vínculos. “Entendo que a população esteja apreensiva mas o importante é que ninguém ficará sem atendimento e esta situação pode ser encarada de forma positiva, pois todos vão ganhar em estrutura, atendimento, entre outros. O principal é garantir o atendimento médico para todos, pois essa não foi uma opção do município sair do local ou fechar a Estratégia, foi uma necessidade diante da solicitação da casa, realizada pelo proprietário. Existe a dificuldade de encontrar imóveis naquela área para este fim e também não há recurso para que possamos fazer uma nova adaptação em curto espaço de tempo, são várias normas a serem cumpridas” completou.

A diretoria do Bairro do Assumpção, através do Presidente Claudiomiro Rocha, está convocando a comunidade para uma reunião, na Igreja Evangélio Quadrangular, na próxima segunda-feira(24). O endereço é na rua Brigadeiro de Olivério, às 18h30min .

Foto: Munira Berro

Flaviane Antolini Favero


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •