Encontro de ex-atletas vai resgatar época de ouro do futsal alegretense

Acontece neste sábado (23), o 1º Encontro de Ex-atletas Futsal Alegrete. A partida entre as Legend´s do CASS/Real e Ser Itaqui será na Arena Esporte e Lazer às 20hs.

Sete de Setembro

O ingresso será 2 kg de alimento não perecível, que serão doados para Residencial Geriátrico Conviver de Alegrete. O vencedor recebe o troféu Nei Carlos Martini, homenagem a uma das figuras que muito incentivou o futsal alegretense.

Logo pela manhã deste sábado está prevista a chegada dos atletas que marcaram o futsal em Alegrete nas décadas de 80 e 90. Às 8h30min, está marcado um café da manhã no UKiosque , um dos patrocinadores do evento.

Liberação de estacionamento nos Patinhos, nas madrugadas, poderá ocorrer outras vezes

Com camisas personalizadas do evento a turma organizou este inédito encontro após muitas conversas e resenhas por aqueles que protagonizaram os melhores momentos do Real e Sete de Setembro no cenário estadual do futebol de salão.

Sociedade Esportiva Real anos 80 e 90

Após o clássico haverá um jantar entre os participantes no restaurante Busanello, conforme lista prévia que a organização preparou. Também haverá uma homenagem póstuma ao ex-jogador do CASS e Real, Antônio Leal “Macaco”, que marcou época no futsal alegretense.

A história do futsal em Alegrete é rica. Quem viveu e conta detalhes dessa época é o professor Elci Pavani, ele relembra que Sete, Trigo, General Osório, Palmeiras ( na época o Real ainda não havia sido fundado). Foi uma fase áurea da Liga de Futsal de Alegrete ( LIFUSA), com início em 1957. 57, 58 e 59 ( Sete tri-vice estadual), 60 Campeão.

O citadino era disputado, inicialmente na quadra do IEEOA ( frente ao terminal de ônibus) e no Clube dos Sub-Tenentes onde hoje é o Nacional.

Depois veio as quadras do Sete ( Centro Cultural) e do Real ( frente ao Oba Oba). O Estadual de 59 foi em Alegrete no pavilhão cedido pela Cooperativa Arrozeira ( Hoje Peruzzo da Venancio).

Pavani conta que atletas e dirigentes ficaram três dias carregando arroz para montar uma quadra. O Trigo Futebol de Salão ( agregado à Cooperativa dirigida pelo Dr. Ari Faria Marimon) era a 2° força com atletas como Mallmann ( Tamanco), Darci Cruz, Pingüim, os irmãos Cláudio e Batista entre outros.

O Gen. Osório era capitaneado pelo Sargento Badú ( era uma equipe agregada à 12° Cia. Com. E o Palmeiras dirigido pelo Inácio Arrussul. O Presidente da LIFUSA era o Hermes P.de Souza ( Catita).

Tempos mais tarde Sete e Real voltaram ao cenário do futsal estadual e elevaram o nome da 3ª Capital Farroupilha. E é justamente reviver essa história que o encontro dos ex-atletas tem objetivo. Um jogo beneficente onde você pode marcar um golaço doando 2 kg de alimentos não perecível. Participe vá ao ginásio.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários