“Estava todo mundo dando risada”, diz irmã de vítima de acidente que matou três em Gravataí

Capotamento na RS-020 aconteceu minutos depois de festa pela conclusão do Ensino Médio; duas jovens seguem hospitalizadas.

A comemoração pela conclusão dos estudos da jovem Ana Paula Quoss, 18 anos, terminou de forma trágica para a família. No início da madrugada desta sexta-feira (24), minutos depois de encerrada a festa de formatura do ensino médio em uma pizzaria de Cachoeirinha, na Região Metropolitana, um acidente causou a morte de três pessoas: Pedro Vargas Alves, 54, pai da formanda, Ana Cláudia Bueno Quoss, 50 anos, e a sogra dela, Helena dos Santos, 76.

Ana Paula e a prima Maria Helena Bueno Quoss, 25 anos, seguem hospitalizadas, uma em observação e outra em estado grave, segundo o Hospital Dom João Becker, de Gravataí, que não divulgou qual delas exige mais cuidados.

Todas as vítimas eram passageiros de um Nissan Grand Livina que capotou no km 12 da RS-020, em Gravataí.

Irmã de Pedro, Valdenice Vargas dos Santos, 48 anos, era uma das convidadas da festa.

— Estava todo mundo feliz, dando risada, brincando. E terminou desse jeito – lamenta.

Valdenice não sabe ao certo quantas pessoas participavam do jantar, que ocorreu logo após a cerimônia de graduação da sobrinha, na Escola Estadual de Ensino Médio Emília Viega da Rocha. O colégio fica em Morungava, distrito de Gravataí, local em que vivem os familiares.

Os demais parentes recém haviam chegado em casa quando foram avisados da ocorrência.

— Moramos na parada 94 e o acidente foi na 83. Minha cunhada me ligou, disse que viu tudo e que a gente tinha que ir lá. Quando voltamos (pela mesma rodovia), vi aquela cena. Um horror — complementa.

A polícia investiga o que pode ter motivado o acidente.

Fonte: Gaúcha/ZH

Compartilhe
  • 134
  •  
  •  
  •  
  •  
    134
    Shares