Fluminense é bi da Copa dos Campeões do Palmeiras

Em jogo truncado e de muita marcação, o tricolor da Cidade Alta superou o Centenário na final da 4ª Copa dos Campeões realizada no último sábado (6), no campo do Palmeiras.

O meia Lucianinho marcou o gol do Flu, num jogo equilibrado não fosse o bom aproveitamento do ataque tricolor que aproveitou as escassas oportunidades de gols no jogo. Uma partida pegada, típica da competição quarentinha.

A Copa dos Campeões do Palmeiras se consolida como o aperitivo para a temporada da Liga. Atual campeão citadino na categoria sênior especial, o Fluminense apostou numa equipe genuinamente alegretense e contou com cinco atletas oriundos do futebol uruguaianense. O Flu é bicampeão da Copa venceu em 2016 e 2019, único clube a conquistar essa façanha.

Com impecável organização da dupla Aparício Ringues e Valdir Knerim, chega ao fim premiando os melhores times da categoria 40 anos. A competição distribuiu troféus, medalhas e a carne para o churrasco dos vencedores. O Secretário de Planejamento Paulo Salbego esteve presente na entrega da premiação da Copa na Zona Leste.

A zaga menos vazada coube ao grande campeão Fluminense, sofreu apenas dois gols na fase de classificação. O goleiro titular Lekão não sofreu nenhum gol atuando pelo Flu na Copa. A artilharia coube ao atleta Rafael Refatti do Nacional com 5 gols.

Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *