Governador autoriza ampliação de público em festas infantis e casas noturnas

Nas pistas de dança, será obrigatório o uso de máscara e a manutenção de distanciamento de 1 metro. Será vedada a permanência de público em pé durante o consumo de alimentos ou bebidas.

Casa noturna
Casa noturna

O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB), anunciou, nesta quinta-feira (30), a ampliação do público de 350 para 800 pessoas em festas infantis e casas noturnas, com exigência do comprovante da vacina, autorização para permanecer em pé e em pistas de dança. Acima de 401 pessoas, será necessário apresentar teste negativo para a Covid-19.

Para eventos corporativos e feiras, será permitido atender até 10 mil pessoas, com apresentação do passaporte vacinal. Acima disso, será necessário obter autorização do governo.

Também houve a ampliação da capacidade público nos estádios. As alterações nos protocolos do Sistema 3 As de Monitoramento, que regulamentam as normas para atividades econômicas e sociais durante a pandemia de Covid-19, passam a valer a partir desta sexta (1º). 

Segundo Leite, a ampliação da capacidade de público nos estádios de 2,5 mil pessoas para 30% da capacidade do espaço se dá em razão da melhora dos números da pandemia no estado. Será exigida a apresentação de comprovante vacinal.

O que muda nos estádios:

  • Até 2,5 mil pessoas: ocupação de 40% por setor e exigência da vacinação. Uso de máscaras é obrigatório
  • Acima de 2,5 mil pessoas: ocupação de 30%, exigência da vacinação apenas em setores com cadeiras, distanciamento de 1 metro, presença três pessoas por grupo e atuação de monitores. Uso de máscaras é obrigatório

Comprovante vacinal:

  • 40 anos ou mais: esquema vacinal completo até 1º de outubro
  • 30 a 39 anos: primeira dose ou dose única de 1º a 31 de outubro; esquema vacinal completo a partir de 1º de novembro
  • 18 a 29 anos: primeira dose ou dose única de 1º a 30 de novembro; esquema vacinal completo a partir de 1º de dezembro
Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários