“Joaquim viveu somente 43 dias, mas lutou bravamente na sua curta existência”, dizem os pais

No último dia 30, o bebê Joaquim Carpes Har faleceu aos 43 dias de vida. Nascido prematuramente com seis meses de gestação, Joaquim veio ao mundo em 16 de abril, pesando 585 gramas e medindo 25 centímetros.

Ele nasceu em uma gestação de risco junto com seu irmão, que não sobreviveu.

Joaquim era filho de Heleno Melo Har e Mayra Mylena Carpes Har, residentes de Santana do Livramento. A gestação foi marcada por desafios desde o início, exigindo cuidados médicos constantes e acompanhamento especializado devido à prematuridade.

Jovem alegretense com problemas de saúde e dependente química está desaparecida; mãe pede ajuda

Após o nascimento, Joaquim foi internado na unidade de terapia intensiva neonatal, onde recebeu tratamento para complicações relacionadas à sua condição. Durante esse período, os pais mobilizaram uma campanha de doação de sangue em prol de seu filho, contando com o apoio da comunidade e de familiares.

Heleno e Mayra expressaram sua gratidão pelas orações e doações de sangue recebidas durante as campanhas realizadas pelo PAT. Eles destacaram a força e a luta de Joaquim ao longo de sua curta vida. Apesar dos esforços médicos e da mobilização da comunidade, as complicações de saúde resultaram no falecimento do bebê.

Se inscrever
Notificar de
guest

0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários