Por dupla tentativa de homicídio, homem é condenado a 18 anos de prisão

Em mais um Juri no Fórum de Alegrete, homem é condenado a 18 anos de prisão em regime fechado. Ele é acusado de tentar matar dois homens a facadas em frente ao Quiosque em dezembro de 2008.

Presidiu a sessão, o Juiz Rafael Borba, atuando pela acusação a Promotora de Justiça Sabrina Batista, com defesa da Defensora Pública, Amanda Costa Gama. No caso da segunda vítima, o crime foi praticado por motivo torpe, por vingança, porque momentos antes, ele interferiu para fazer cessar às agressões do réu ao amigo.

Relembre o caso:

No dia 04 de dezembro de 2008, por volta das 3h, na Praça Getúlio Vargas, em via pública, em Alegrete, o denunciado, que à época tinha 34 anos, tentou matar a primeira vítima, fazendo-o mediante facadas, causando-lhe as lesões corporais no lado esquerdo do abdômen. Ele teve que passar por cirurgia e o crime não foi consumado por circunstâncias alheias à vontade do réu.
Na ocasião, a vítima encontrava-se em frente ao Quiosque da Praça Getúlio Vargas, momento em que chegou o denunciado, iniciando discussão com a mesma. Passo seguinte, o denunciado, armado com uma faca, desferiu um golpe na região abdominal da vítima, causando-lhe as lesões corporais. O motivo do crime não foi esclarecido no inquérito policial.

Já, a segunda vítima da tentativa de homicídio, foi no mesmo local. Ao ver o amigo sendo esfaqueado, o indivíduo tentou intervir e foi ferido com uma facada na face. Ele também estava em frente ao Quiosque na Praça Getúlio Vargas, quando percebeu que seu amigo, primeira vítima, estava sendo atacado pelo denunciado com uma faca. Na sequência, após a vítima interferir para fazer cessar as agressões, o denunciado, desferiu-lhe uma facada na face, causando-lhe um corte profundo. Os amigos foram socorridos e encaminhados à Santa Casa.

 

Flaviane Antolini Favero

Compartilhe
  • 89
  •  
  •  
  •  
  •  
    89
    Shares