Traficantes executam adolescente em Camaquã

Disputa por tráfico de drogas motivou o crime. Vítima estava em frente à casa quando foi abordada por grupo armado com fuzis e pistolas. Polícia trabalha para identificar suspeitos.

Polícia Civil
Polícia Civil

A Polícia Civil acredita que a execução de um adolescente de 17 anos, em Camaquã, na Região Sul do estado, foi cometida como uma ameaça para o pai dele. A motivação estaria relacionada com o tráfico de drogas, apontam as investigações. O nome do adolescente não foi divulgado pela polícia com base no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

De acordo com a delegada Vivian Duarte, responsável pelo caso, o crime aconteceu por volta das 18h30 de quinta-feira (28) em frente à casa onde a vítima vivia, no bairro Capoeirão.

“O crime foi cometido em represália ao pai do adolescente devido à disputa por ponto de tráfico de drogas. Não podemos divulgar mais informações, pois isso pode atrapalhar a investigação”, explica a delegada Vivian.

A Brigada Militar (BM), que prestou o primeiro atendimento, registrou que cinco homens armados com fuzis e pistolas abordaram o adolescente. Eles se identificaram como policiais. Em seguida, executaram a vítima e fugiram em um carro.

A delegada diz que o trabalho da polícia está concentrado, agora, na identificação dos suspeitos de terem cometido o crime.

Fonte: G1

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários