Vereador quer paradas fora do ponto, à noite, para os usuários

Uma Lei de 2016 determina que os ônibus possam para fora do ponto para usuárias desçam mais próximas de suas casas a noite.

Ônibus do transporte coletivo de Alegrete
Ônibus do transporte coletivo de Alegrete

A lei 5.629 de março de 2016 determina que os ônibus de transporte coletivo possam parar fora dos pontos assim que anoitecer para que mulheres desçam mais próximo de suas casas em segurança. A lei do então Prefeito, à época, Erasmo Silva visa beneficiar as usuárias que trabalham e utilizam o transporte coletivo em Alegrete.

A empresa Fronteira- Oeste que faz o serviço aqui no Município já realiza estas paradas, conforme a necessidade e pedido de usuárias.

Acontece que agora o Vereador Ênio Bastos- Progressista protocolou pedido de que as paradas fora dos pontos sejam para usuários. Ele entende que idosos também podem ser beneficiados a descer em segurança.

Já a vereadora Dileusa Alves coloca que se já existe uma Lei para que tentar criar outra. Ela acredita que o que se deve fazer é fiscalizar para que seja cumprida e, obviamente, se uma mulher solicitar que o carro pare mais próximo de onde mora para evitar assalto e outros problemas -algum homem pode descer também. – Isso dentro do trajeto normal da linha de acordo com as Lei.

– O objetivo são as usuárias, o que está bem claro na Lei de 2016, já que é sabido que mulheres historicamente são desrespeitados e molestadas. Foi uma conquista histórica para as mulheres de nossa cidade, destaca.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários