Agente penitenciário é preso suspeito de levar drogas e celulares a detentos no presídio de Rio Grande

Compartilhe
  • 66
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    66
    Shares

Homem era investigado há dois meses por suspeita traficar drogas e aparelhos. Também foram apreendidos, além de maconha e crack, munições, arma e carregadores.

Um agente penitenciário foi preso em flagrante, na manhã desta sexta-feira (3), após ser flagrado com um quilo de maconha no Presídio Estadual de Rio Grande, no Sul do estado. Ele era investigado há dois meses por suspeita de traficar drogas e aparelhos celulares para dentro da cadeia.

Segundo a delegada Ligia Furlanetto, logo após a prisão, foi cumprido um mandado de busca e apreensão na casa dele. No local, a Polícia Civil encontrou 1 kg de crack, 2 kg maconha, 21 aparelhos celulares, 56 carregadores, 196 munições e uma pistola calibre 22 sem procedência.

Ele foi preso por tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo. No entanto, a suspeita da polícia é que outros crimes tenham sido cometidos.

“Além desses dois fatos, há ainda a corrupção passiva, justamente porque levava o material pra dentro do presídio em troca de dinheiro”, afirma a delegada. “Temos suspeitas de que fazia isso há algum tempo”.

O agente, que está há cerca de 10 anos na Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe), foi levado para a penitenciária de Pelotas. A Susepe informou que deve transferi-lo a outro presídio.

Armas, drogas, carregadores e celulares foram apreendidos em Rio Grande — Foto: Polícia Civil/Divulgação

Armas, drogas, carregadores e celulares foram apreendidos em Rio Grande — Foto: Polícia Civil/Divulgação

Fonte: G1


Compartilhe
  • 66
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    66
    Shares