Ainda é um mistério o desaparecimento do caminhoneiro André Martins

Mistério acerca do desaparecimento do alegretense, o caminhoneiro André Martins de 40 anos se mantém nesta quinta-feira(3).

A família foi a Rosário do Sul, depois que o trabalhador deixou de ter contato com a esposa e, ela saber que o rastreador do caminhão ficou ativo até cerca de 28 km depois que ele saiu de Rosário em direção a Alegrete.

André estava em um posto de combustíveis e, saiu por volta da 00h10 de quarta-feira(2), depois de lavar o caminhão baú da empresa Faro. Ele vestia o uniforme da empresa, camisa azul e calça. O celular está desligado.

Motorista de Kadett faz disparos de revólver em via pública, foge da BM, mas acaba preso

Desde as primeiras publicações em grupos de whatsApp na tentativa de informações, a notícia sobre o desaparecimento do alegretense viralizou e ganhou uma grande repercussão na tentativa de chegar até a localização dele. O pai, a esposa, irmã, amigos, conhecidos e até pessoas que não o conheçam estão em orações.

O caminhão baú estava vazio, de acordo com a irmã Andreia Simone. O veículo tem placas, ITM 3836 da empresa Faro.

A última informação foi de que o caminhão estava nas imediações do Posto Itapevi , metade no acostamento e a outra na pista, com as luzes desligadas .

Homem, num Corsa, foge de abordagem policial e acaba preso pela BM em pátio de residências

A família está desesperada e pede que as pessoas compartilhem e, se alguém, souber notícias ou qualquer informação entre em contato pelos telefones: 999163518 (Andreia – irmã), 996130720 ( pai), 999044338 (esposa).

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários