Aulas presenciais serão com 50% da capacidade em cada sala e todos os cuidados do protocolo
Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O retorno das aulas presenciais é o maior desafio das autoridade e dos educadores, visto que  a pandemia continua e a grande maioria da população não foi vacinada. Os alunos estão há quase um ano sem aulas presenciais com atividades remotas, online, com entrega de material impresso.

Neste dias 17 e 18 de fevereiro aconteceu a formação entre as equipes das escolas da Rede Municipal de Ensino.  A partir do dia 22 os professores começam a enviar as atividades aos alunos.

A possibilidade de retorno presencial, junto com alunos da Rede Estadual será no próximo dia 8 de março, de acordo com a Secretária de Educação, Angela Vieiro.

Se realmente ocorrer o retorno das aulas, serão de forma híbrida, ou seja 50% em sala de aula, com 1,5 de distância de cada um e com todos os demais cuidados exigidos pelos protocolos. Os outros 50%  em casa com aulas, online, ou atividades impressas.

O retorno das aulas se deve, também, a necessidade das crianças terem vínculos, já que estão há um ano sem ver e falar com colegas e isso é ruim no aspecto emocional, de acordo com médicos pediatras.

Em Alegrete, são 33 escolas da Rede Municipal de Ensino e mais de cinco mil alunos.

Vera Soares Pedroso

 

 

 

 


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •