Cavaleiro alegretense fica entre os 10 melhores no Campeonato Brasileiro de Amadores

Compartilhe
  • 133
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    133
    Shares

Foi realizado neste final de semana na capital paranaense, o Campeonato Brasileiro de Amadores. O evento obedeceu todos os protocolos em prevenção ao coronavírus na Sociedade Hípica Paranense.

A competição foi recheada de sucesso, com um nível altíssimo de atletas de vários estados do Brasil.

Disputado em quatro alturas: Amador B, 1m, Amador A, 1.10m, Amador, 1.20m e Amador Top, 1.30m, a competição contou com 192 conjuntos na corrida pelo pódio individual e equipes.

Na disputa por equipes os representantes de Brasília faturaram o título Amador Top, cavaleiros e amazonas do Rio Grande Sul ocuparam o topo do pódio nas séries Amador B e Amador e donos da casa, o Paraná, foi campeão Amador A (pódios completos ao final).

Os profissionais da saúde passaram ser vistos com outros olhos nesta pandemia; veja este relato

No individual, destaque para o alegretense Guilherme Fernandes, há mais de 4 anos e meio sem disputar uma prova, ele retornou em grande estilo. Montando o cavalo By Ranna Grey Mist, o qual montou por menos de duas semanas, fecharam o evento entre os 10 melhores na categoria Amador “A” (1,10), entre 56 conjuntos que foram a pista.

“Consegui fechar o campeonato sem nenhuma falta cometida. Entrei em oitavo colocado nos critérios de desempate, melhor entre faltas cometidas e tempo. Foi um excelente resultado”, avaliou o cavaleiro alegretense.

Médico alegretense relata, de Londres, como a Pandemia está afetando os britânicos

Todas as séries foram muito disputadas com desempate entre conjuntos zerados na soma das três provas. A competição reuniu competidores acima dos 21 anos e não contou com participação de profissionais. Na série Amador A, categoria do alegretense, quatro conjuntos habilitaram-se ao desempate na corrida pelo título. A vitória ficou em casa com a paranaense Ana Laura Angeli e Equimimos QH Graffio del Terriccio, pista limpa, 31s22. Thiago Machado Cavalheiro Moreno com Sol du Revel foi vice, sem faltas, 33s61, por São Paulo.

A campeã Ana Laura Angeli e Equimimos QH Graffio del Terriccio

 

Júlio Cesar Santos                                                   Fotos: Luís Ruas e Grace Cambraia


Compartilhe
  • 133
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    133
    Shares