Crise de riso ou de choro: por que acontecem e como controlar

Muitas pessoas já tiveram crise de riso ou de choro e quase sempre em horas inapropriadas.

Crise de riso ou de choro: por que acontecem e como controlar
Crise de riso ou de choro: por que acontecem e como controlar

Dar risada é bom, mas em alguns casos é incontrolável e surge sem algum motivo aparente. Já sabemos que o nosso sistema nervoso é complexo e que cada pessoa tem seus hábitos e “funciona” de um jeito. Rir não significa só alegria, assim como o choro não significa só tristeza.

Infelizmente, ao contrário do que muitos acham, essas crises não são normais e podem esconder um motivo mais sério por trás. Com o tempo, foi descoberto um transtorno chamado de síndrome do afeto pseudobulbar, que ficou mais conhecido devido a sua aparição no filme Coringa. De acordo com o neurologista Carlos Altieri – Hospital Sírio-Libanês de São Paulo – essa síndrome causa danos nas regiões emocionais, gerando um descompasso. Ele deixa claro também, que é uma síndrome neurológica e não psiquiátrica, ou seja, deve ser tratada por um neurologista.

Vale lembrar que não se trata de uma doença, mas de um conjunto de sintomas que acabam manifestando risos, choros ou bocejos incontroláveis e sem motivo aparente. Altieri explica que “a manifestação clínica ocorre devido à ineficiência das vias neurais associativas entre as estruturas do córtex frontal e do sistema límbico e mesencéfalo que gera o quadro clínico característico”. A ansiedade e nervosismo também podem causar essas crises, mas as chances são baixas.

DICAS PARA CONTROLAR A VONTADE DE RIR OU CHORAR

  • Conte de 100 até 0;
  • Faça uma lista mental, seja de cores, coisas para fazer ou compras;
  • Escolha uma cor e veja quantas vezes ela aparece no lugar que você está;
  • Respire fundo várias vezes;
  • Se tiver uma caneta, fique pressionando ou colocando e tirando a tampa.
  • Estabeleça algumas regras, como: “na próxima vez que me der crise de riso irei apertar a caneta” ou “quando me der crise de choro irei respirar fundo 10 vezes”.
  • Brinque ou faça carinho nos seus animais de estimação (se estiverem por perto).

Geovanna Valério Lipa

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários