Expointer divulga regulamento para exposição de animais

O regulamento para a 85ª Exposição Estadual de Animais na 45ª Expointer foi divulgado pela Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr).

O documento pode ser consultado aqui. As inscrições para os animais de argolas abrem nesta segunda-feira (18/7) e vão até 1º de agosto. Para animais rústicos, as inscrições seguem até 10 de agosto. Como nos anos anteriores, elas devem ser feitas por meio das associações de criadores. A feira será realizada presencialmente de 27 de agosto a 4 de setembro no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio.

Participam desta Expointer bovinos (raças de corte e mistas), bovinos leiteiros, zebuínos, caprinos, coelhos e chinchilas, ovinos, equinos, bubalinos, aves e pássaros. A exposição de animais é destinada à avaliação morfológica e zootécnica das diversas espécies e raças participantes. Além disso, ocorrerão provas equestres de avaliação funcional de raças de cavalo como Crioulo e Árabe.

Ela só tinha uma opção: lutar pela vida até o fim

O regulamento também traz informações sobre as exigências sanitárias para a entrada dos animais no parque, em Esteio, que podem ser acessadas aqui. A diretora do Departamento de Defesa e Vigilância Sanitária Animal da Seapdr, Rosane Collares, lembra que deverão ser apresentadas as Guias de Trânsito Animal (GTAs) e demais documentos zoossanitários e fiscais, conforme prevê a legislação.

Destaca que os animais serão inspecionados clinicamente, identificados e terão os documentos sanitários verificados pela Equipe Sanitária do turno, dentro da área de desembarque.

Os resultados de testes diagnósticos, exames laboratoriais e atestados de vacinações para os animais participantes do evento não poderão ter seu prazo de validade expirado antes de 6 de setembro de 2022. Para os animais procedentes de outros países haverá exigência do cumprimento da legislação federal pertinente. Será permitida a participação somente de bovinos ou bubalinos provenientes de áreas com reconhecimento internacional de livre de febre aftosa sem vacinação.

Vida de Bombeiro; a missão de ser um dos profissionais que salvam vidas

O zootecnista responsável pelo Serviço de Exposições e Feiras da Secretaria e comissário-geral da Exposição de Animais da Expointer, Pablo Charão, orienta os produtores para que verifiquem seus animais antes de levá-los para a feira. “É importante que os animais não venham com ectoparasitas ou com sintomas de doenças infectocontagiosas, para que não sejam rechaçados no acesso ao evento”, alerta.

A exposição de animais tem a finalidade de expor e comercializar reprodutores das diferentes espécies de animais domésticos; proporcionar aos criadores o conhecimento do grau de desenvolvimento da produção animal, pelo exame dos reprodutores expostos; apresentar a produtores e indústrias o que vem sendo realizado no setor do agronegócio; demonstrar os resultados do emprego de novas tecnologias, visando ao aprimoramento dos rebanhos; e estabelecer maior intercâmbio entre os meios criatórios, produtivos e industriais, além da troca de experiências entre técnicos.

Foto: Sindicato Rural de Alegrete

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários