Família depende da generosidade dos amigos para tratar a filha com leucemia em Santa Maria

O mês é de prevenção e conscientização em relação ao câncer de mama, mas também há outras neoplasias que afetam tanto homens quanto mulheres e crianças.

O relato a seguir é sobre a Menina Maravilha, hoje com sete anos. Maria Raquel Fredo Porcella, está em Santa Maria com os pais desde o ano passado quando foi diagnosticada com leucemia linfocítica aguda(LLA).

A mãe, Cátia, disse que, justamente, no Dia Internacional de Combate ao Câncer Infanto Juvenil, eles receberam o diagnostico. Desde então, iniciaram a batalha contra a Leucemia em Santa Maria.

“O Tratamento é longo e se tudo correr bem em dezembro de 2022, encerra o ciclo de quimioterapias. Graças a Deus ela está reagindo bem ao tratamento, como diz o médico – está tudo dentro do esperado”- revela a mãe.

Consumidora esquece iPhone em cestinha de loja, as duas mulheres que encontram o aparelho já foram identificadas

Atualmente,a Menina Maravilha, assim é chamada por ser fã da Mulher Maravilha, se encontra no protocolo de manutenção da doença, com medicações todos os dias via oral(quimioterapia) e, uma vez na semana, medicação intravenosa na Clínica Viver( quimioterapia). Além da necessidade de exames semanais.

“Tudo isso em Santa Maria, por isso, tivemos que alugar um apartamento aqui. As despesas são bem elevadas, então nossa família e amigos fazem rifas para nos ajudarem, se não fosse isso, seria muito difícil nos manter-mos. E a rifa que está atualmente disponível é para dezembro, o sorteio” – explica.

Cartão postal da cidade tem sérios problemas estruturais

Quem quiser e puder colaborar, para adquirir números da rifa é só chamar pelos contatos: (55) 99991-1960, (55) 99611 – 5546 ou (55) 99672 – 7620. Veja abaixo os prêmios:

Os dois primeiros contatos são de Marcos e Fabiane (tios da Maria Raquel) e o terceiro é do Alex (pai).

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários