Culto dentro do Presídio de Alegrete resgata fé e resiliência de apenados

A cada culto, aumenta o números de apenados que participam do momento de oração.

Culto dentro do Presídio de Alegrete resgata fé e resiliência de apenados
Culto dentro do Presídio de Alegrete resgata fé e resiliência de apenados

Na segunda-feira, dia que muitos não simpatizam, é totalmente inverso para apenados do Presídio Estadual de Alegrete. Ao menos para alguns que lá cumprem pena no regime fechado. E assim foi na manhã do ultimo dia 11, eles aguardavam ansiosos para mais um culto no hall de entrada para as galerias da casa prisional.

Culto dentro do Presídio de Alegrete resgata fé e resiliência de apenados
Culto dentro do Presídio de Alegrete resgata fé e resiliência de apenados

Sentados em bancos plásticos, aproximadamente 13 presos comparecem ao culto da Igreja Internacional da Graça de Deus. A reportagem do Portal Alegrete Tudo teve acesso ao culto. Logo no início, Diliane Bitencourt toca e canta um louvou que é acompanhado em alto e bom tom pelos participantes. Até agentes penitenciários contemplam o momento de oração ao som de um potente teclado eletrônico.

É nos semáforos da cidade que os malabaristas tiram seu sustento

Timidamente mais seis presos assistem do fundo do corredor. O evangelista Alessandro Monteiro prossegue proferindo a palavra e todos detentos oram com as mãos erguidas para o alto. Monteiro dá as boas vindas aos irmãos que agradecem com uma salva de palmas.

Culto dentro do Presídio de Alegrete resgata fé e resiliência de apenados
Culto dentro do Presídio de Alegrete resgata fé e resiliência de apenados

A evangelização completa três anos e pela primeira vez a reportagem acompanhou o culto ao vivo. A energia é das melhores e a conversa segue com o pastor Teomar, o são-borjense está de mudança para Alegrete e já ministrou seu primeiro trabalho. “Trago para vocês não uma palavra, mas uma oportunidade”, falou o pastor já abrindo a bíblia, que no mesmo instante era entregue outros exemplares aos participantes do culto.

Pai e filho vencem desafios do dia-a-dia e dão exemplo de cumplicidade

Culto dentro do Presídio de Alegrete resgata fé e resiliência de apenados
Culto dentro do Presídio de Alegrete resgata fé e resiliência de apenados

A leitura de um trecho bíblico remete a escolhas, a oportunidade na vida das pessoas e uma nova chance perante Deus. Atentos e mergulhados na palavra, os apenados oram e clamam por Deus.

O culto não ultrapassa os 30 minutos, e a conversa é em voz alta e parece que toda massa carcerária ouve, embora não participe ativamente da oração. Não se ouve nem um outro barulho a não ser as vozes pregando uma evangelização que ali atinge seu objetivo.

Superação, determinação e fé na vida do barbeiro alegretense Jalisson Oliveira

Entre ‘Glória a Deus”, e “Aleluia”, o papo é direto e ali todos estão dispostos a uma vida diferente assim que cumprirem suas penas. “A partir de hoje é uma nova oportunidade”, destaca um apenado segurando a bíblia com as duas mãos para o alto.

Culto dentro do Presídio de Alegrete resgata fé e resiliência de apenados
Culto dentro do Presídio de Alegrete resgata fé e resiliência de apenados

O pastor agradece o momento e recebe um muito obrigado. O próximo encontro já está marcado para o mês que vem. Cada um recebe a Santa Ceia e um frasco com óleo ungido. O encerramento é ao som de mais um louvor, no momento em que os apenados recolhem os bancos e se afastam das grades do portão de acesso às galerias.

Naymayer a família que, unida, contrariou prognósticos médicos e venceu duros desafios

Culto dentro do Presídio de Alegrete resgata fé e resiliência de apenados
Culto dentro do Presídio de Alegrete resgata fé e resiliência de apenados

A pregação foi muito forte e importante que a turma do serviços gerais solicitou ao chefe de segurança Laércio Lanes, que os evangélicos levassem uma palavra. A conversa numa cozinha reuniu aqueles apenados que fazem o serviço externo do presídio e também contou com mais dois presos que estavam numa cela do seguro.

Culto dentro do Presídio de Alegrete resgata fé e resiliência de apenados
Culto dentro do Presídio de Alegrete resgata fé e resiliência de apenados

O momento é de recarregar a alma. O pastor Teomar e o evangelizador Alessandro oram e levam uma palavra de esperança com muita fé para os apenados que perfilados numa parede da cozinha rezam e pedem um clamor a Deus. A conversa foi rápida, porém, proveitosa. Sensibilizados, todos ali agradecem pelo momento e retornam as suas atividades rotineiras em torno do Presídio de Alegrete.

O Diretor Administrativo substituto do Presídio Estadual de Alegrete Rogério Abreu, falou do projeto bem como outros que estão em tratativas tendo como alvo a⁸ ressocialização da massa carcerária. O agente credita a resposta muito positiva por parte dos apenados que dedicam horas de religiosidade, e agora as igrejas estão complementando o trabalho com cultos.

A Igreja da Graça, através de Alessandro e o pastor Teomar ministram atividades nas segundas-feiras, mas com a pandemia o encontro passou a ser mensal. Para o chefe de segurança Laércio Lanes, um dos principais incentivadores do projeto, a cada visita dos evangelizadores aumenta o número de apenados que busca participar do grupo de orações.

“Vamos planejar um culto de oração reunindo todas as igrejas da cidade. Todos detentos serão convidados a participar desse momento de oração, louvando a Deus”, comentou Lanes.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários