fbpx

Fisioterapeuta Sebastião Guedes e outras personalidades de Alegrete ganham homenagem no Coletivo Multicultural
Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Teve início há um mês o projeto de pintura urbana do Coletivo Multicultural. A ação visa homenagear alguns artistas alegretenses que tem ou tiveram destaque nas mais variadas linguagens artísticas, como artes plásticas, música, cinema, literatura e dança.

O projeto teve início no dia 10 de dezembro, ocasião em que os artistas plásticos Bolivar Marini e Leonardo Andrade, fizeram a primeira pintura, homenageando o bonequeiro e escultor, Pepe Grigera.

A equipe de artistas plásticos foi reforçada com a participação de Amanda Gobus, que além de registrar na fachada do Coletivo mulheres que lutaram contra as desigualdades, como Rosa Parks, Angela Davis, Dorothy Stang etc, está finalizando a segunda tela junto com Leonardo, em que o violinista Luis Ricardo, a bailarina Dandara Amorin Veiga e o fisioterapeuta e músico, Sebastião Fialho Guedes, serão os homenageados.

Agência do Banrisul retorna atendimento interno nesta quarta-feira

Também serão homenageados no muro do Coletivo Multicultural, as professoras de flauta doce, Thereza Fernandes e Baldomira Lopes, os poetas Rui Neves e Laci Osório e o cineasta Hique Montanari. Dois espaços serão ocupados pelos artistas alegretenses radicados em POA, Tharcus Aguilar e Dione Xadalu.

 

Leonardo Andrade é acadêmico de Artes Cênicas na UFSM. Trabalha com muralismo, utilizando técnicas de graffiti e stencil art, além de desenho e pintura. É entusiasta das artes e artivista cultural.

Amanda Gobus é Ilustradora e Engenheira de Software. Participou de todas as edições da Revista Motus(Unipampa). Atualmente faz ilustrações por encomenda e ministra aulas de aquarela online. Frequentemente posta suas ilustrações nas redes sociais. Seu trabalho está no instagram @amanda_gobus.

Autores do homicídio dão depoimento à Polícia sobre a morte de Osório Fernandes Neto

 

Bolivar Marini é professor de História, ator, palhaço e artista plástico. É um dos fundadores do Ponto de Cultura Coletivo Multicultural. Já participou de várias exposições e sua arte tem estado presente em várias escolas e universidades.

O Coletivo Multicultural entende que a ação artística precisa ser democrática e capilarizada, que atenda de maneira geográfica os mais variados pontos de um município, principalmente regiões periféricas e que dê oportunidade para que o maior número de artistas possam manifestar sua arte.

Apoiam o Coletivo Multicultural: Pampa Óptica e Relojoaria, CAAl, 23 Pub Bar, CAAl Centro Comercial, Escritório Contábil Pinheiro e Mulazzani, Izolan Calçados,   Loebler  Assessoria, Casa Rezende, Erasmo Guterres Silva, Amanda M. Melo, Maria de Fátima Mulazzani, Alexandre Alderette Alves, Cláudia da Costa Rizzatti, Maria Cristina Graeff Wernz, Fani Tess,  Gilmar Martins, Maiara Trombini,  Virgínia do Rosário, Vagner Souza, Luiz Felipe Schervenski Pereira, Rosane Grisa, Fernanda Broll Carvalho, Paula Patrícia Moura, Espaço Recriar, Cidão Tattoo, Marlove Muniz e Nathalia Lopes.

Júlio Cesar Santos                                                             Fotos: Coletivo Multicultural


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •