Galho cai de árvore e atinge mulher na Praça Getúlio Vargas

Com a umidade, os troncos e galhos das árvores, algumas com muito anos na Praça, ficam frágeis.

Galho atinge mulher na Praça Getúlio Vargas
Galho atinge mulher na Praça Getúlio Vargas

Uma mulher de 38 anos que estava próximo à pracinha de brinquedos foi atingida por um galho de árvore da Praça Getúlio Vargas, centro, Alegrete.

Ela foi socorrida por um ciclista que passava no local e levada à UPA por um taxista do ponto em frente à Igreja. De acordo com o taxista, Vitor Gonçalves, um galho caiu sobre a cabeça da mulher e sangrava muito.

Galho atinge mulher na Praça Getúlio Vargas
Galho atinge mulher na Praça Getúlio Vargas

A vítima, que estava acompanhada de uma outra mulher e uma criança caminhavam próximo ao Monumento ao Expedicionário e segundo o que foi relatado à Brigada Militar, o galho iria cair sobre a menina.

Inicia pagamento do Auxílio Brasil sem filas em Alegrete

Ao perceber o perigo a tia se colocou à frente, e ela e a mãe da criança foram atingidas. A mulher que sofreu o ferimento na cabeça, disse que o sangue prejudicou a sua visão. Já a mãe da menina teve escoriações mais leves nas costas. Tão logo viu o incidente o ciclista parou e socorreu as vítimas.

Galho atinge mulher na Praça Getúlio Vargas
Galho atinge mulher na Praça Getúlio Vargas

As árvores da Praça Getúlio Vargas são de espécies nativas e tem muitos anos que estão ali e, com a umidade que se infiltra no tronco e galhos eles ficam frágeis e podem cair. Não há como alguém que transita ou está passando saber do perigo de um galho cair naquele momento.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários