Ginástica cerebral: saiba os benefícios dessa prática para as atividades intelectuais

Potencializar as habilidades neurais tem sido objeto de inquietação desde a década de 70.

Ginástica cerebral: saiba os benefícios dessa prática para as atividades intelectuais
Ginástica cerebral: saiba os benefícios dessa prática para as atividades intelectuais

Quando queremos melhorar o condicionamento físico, sabemos que devemos incorporar prática de exercícios físicos à nossa rotina.

No entanto, quanto ao aprimoramento do desempenho do cérebro, o caminho ainda é pouco conhecido. Nas últimas décadas, neurologistas vem estudando maneiras de incrementar a memória, a concentração e a velocidade de raciocínio.

Os estudos estão em andamento, mas os cientistas já começaram a fazer descobertas impressionantes. Uma delas é ginástica cerebral, prática baseada na neuroplasticidade, ou seja, na capacidade de o cérebro se modificar conforme os estímulos que recebe.

Percebeu-se que quanto mais desafiadores e frequentes forem as conexões entre os neurônios, mais fortalecidas e renovadas ficarão as atividades cognitivas. Especialistas explicam que assim como os músculos podem ser trabalhados na academia, a cognição pode ser potencializada com joguinhos e tarefas que demandem uma série de ações, como: concentração, controle de inibição de respostas, memória, tomada de decisão, cálculo e estratégia.

Quanto mais tiramos o cérebro da zona de conforto, melhor. É claro que a prática constante é fundamental para que os resultados apareçam.

Os benefícios da ginástica cerebral são incalculáveis, podendo ser colhidos tanto no curto quanto no longo prazo.

Essa prática oportuniza um “rejuvenescimento” do cérebro e não é exclusiva para quem teme os efeitos dos anos e da idade avançada.

Médicos afirmam que pessoas que sofreram algum dano ou trauma recente também podem se beneficiar da técnica, assim como aqueles que desejam apenas prevenir os sintomas de demência e melhorar a sua capacidade cognitiva.

Uma das maneiras de oportunizar que as pessoas tenham acesso à ginástica cerebral de forma fácil e acessível é por meio de jogos ou desafios diários no próprio telefone celular. No Brasil, a população passa cerca de 3 horas por dia em aplicativos, então o surgimento de plataformas que oferecem atividades do tipo começou a crescer.

Alguns exemplos são o Fit Brains Trainer e o Lumosity, ambos desenvolvidos em universidades norte-americanas com o propósito específico de estimular os circuitos neurais.

Na galeria abaixo, são apresentados outros aplicativos – disponíveis para Android e IOS – que prometem exercitar a agilidade cerebral.

1 – Fit Brains Trainer;
2 – Monument Valley;
3– Memorado;
4 – Lumosity;
5 – NeuroNation;
6 – Contre Jour;
7 – Elevate;
8 – Little Things Forever;
9 – Peak;
10 – Happify.

João Baptista Favero Marques

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários