fbpx

Homem com extensa ficha policial e suspeito de dois homicídios foi preso pela Polícia Civil
Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Homem de 30 anos foi preso pela Polícia Civil, na manha de quarta-feira. Ele foi autuado em flagrante por porte ilegal de arma de fogo, mas também é suspeito de ter envolvimento no assassinato de Cristiano Gomes Machado, 39 anos, vulgo Renatinho, ocorrido em agosto, no bairro Promorar e do homicídio no bairro Nilo Soares Gonçalves, onde a vítima fatal foi William Claiton Messa Ancinelo, de 32 anos, conhecido como Keké, em dezembro. Ambos homicídios em 2020.

Família identifica homem brutalmente executado em Alegrete

A Polícia Civil, através dos Policiais do Setor de Investigações da 1ª Delegacia de Polícia de Alegrete, com apoio dos Policiais da Operação Hórus, sob a coordenação dos Delegados Maurício Arruda Coronel e Caroline Huber, na manhã de hoje,(6), em investigações relativas aos homicídios ocorridos nos bairros Nilo Soares Gonçalves e Promorar, prenderam um homem, com idade de 30 anos.

Familiares identificam corpo de homem executado no bairro Promorar

Com o acusado foi encontrado um revólver calibre 38 com numeração (batida/raspada) e mais oito munições extras. O preso tem passagens pela polícia pelos delitos de desobediência, resistência, lesão corporal, roubo a pedestre, posse de entorpecente, ameaça, porte ilegal de arma de fogo, tráfico ilícito de drogas e estupro.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •