Kaleu, filho de alegretenses, realiza o sonho de jogar o Efipan

O atleta Kaleu Machado Mengotti, lateral direito do São José, clube que disputa o 42º Efipan tem uma ligação forte com Alegrete.

Filho de Fernanda Mengotti Lucas e Leandro Machado Pereira, ambos alegretenses, o guri da base do Zequinha recebeu um apoio especial, ou melhor uma torcida organizada no jogo de sábado (21), quando o time do Passo D’areia venceu o Flamengo de Alegrete.

O antes e o depois da retirada de 5 toneladas de todo tipo de lixo em casa no centro

O pai que está morando em Alegrete, e mãe que veio até a terra natal, juntamente com os demais familiares que aqui residem, fizeram a maior torcida para o craque da família Machado e Mengotti.

Idoso acusa filho de ter sacado todo valor que dispunha no banco

A história do guri é recheada de sonhos e superação. Kaleu nasceu em Porto Alegre, no dia 26 de agosto de 2008. A mãe Fernanda conta que o filho nasceu com o pé torto congênito ( uma má formação congênita em que o bebê já nasce com um pé ou dois pés virados para dentro).
Com 4 anos, após várias consultas Kaleu foi levado a um ortopedista que indicou aos pais que o menino fizesse alguma atividade, onde ele pudesse apoiar os pés.

Acabar com o lixo nas calçadas, espalhado dos contêineres, é um desafio de todos

Uma saga na vida do menino que durante 4 anos fez tratamento, usando gesso , fez cirurgia, e usou uma bota ortopédica por três anos.
“Na verdade, ele desde pequeno sempre alimentou o sonho de participar do Efipan, e nós sempre comentávamos, ele vai conseguir”, revela a mãe.
Kaleu é predestinado, aos 9 anos, em uma visita em Alegrete, tirou uma foto em frente ao estádio Farroupilha, onde dizia ( Quem será o próximo ? você). Cinco anos depois, totalmente recuperado ele realiza o sonho.

“Então ele estar aí, na nossa cidade, participando do Efipan, também é para nós um sonho uma conquista. Só alegria ver ele fazendo o que mais gosta. Foi uma tremenda superação”, orgulha-se Fernanda.

Kaleu iniciou no Santos da Humaitá e aos 9 anos foi parar na base do Grêmio onde permaneceu por 4 anos. Acabou dispensado em dezembro de 2021. Passou pelo Novo Hamburgo e em novembro do ano passado chegou ao São José.

O professor Alexsandro Anselmo, técnico do Sub-14 do Zequinha, integrou o lateral direito no grupo. Kaleu teve um bom desempenho nos treinamentos e foi convocado para defender o clube no 42º Efipan.

Fernanda e Leandro estiveram no último final de semana em Alegrete. Reviram familiares e reforçaram a torcida por Kaleu. Por motivo profissional o casal retornou a capital ainda no domingo. “Foi muito emocionante para nós ver ele competindo na nossa cidade. Afinal ele é cria do Alegrete, assim nossa família considera”, destacou a mãe.

Kaleu recebeu apoio da família que até levou um banner do atleta para o estádio Farroupilha.

Fotos: reprodução

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários