Oswaldo Aranha recebe certificação do MEC como escola intermediária

Com esse documento a escola se efetiva como cívico militar em Alegrete.

Oswaldo Aranha escola cívico militar de Alegrete
Oswaldo Aranha escola cívico militar de Alegrete

A Escola Estadual cívico militar, Oswaldo Aranha foi certificada, pelo MEC, como escola de nível intermediário.

O diretor Ernesto Viana diz que desde de 2019 que a equipe vem respondendo questionamentos do MEC sobre uma gama de aspectos da escola. Eles formalizaram um plano estratégico com quase 80 páginas que diz como é a escola, como querem ficar e o que precisam fazer para chegar aos objetivos.

-Essa certificação é muito importante e nos coloca de vez como escola cívico militar, afirma Viana.

Oswaldo Aranha escola cívico militar de Alegrete
Oswaldo Aranha escola cívico militar de Alegrete

Quando perguntam sobre os recursos que vão receber, ele explica que não é em valores e sim em materiais para a escola. E sobre os uniformes, informa que já tem modelo.

O modelo do Oswaldo Aranha, como escola cívico militar é de recurso e gerenciamento pela Brigada Militar. Atualmente, apenas um monitor- o Sargento Acosta está na Escola. E conforme a direção eles aguardam mais monitores.

Abigeatários furtam parte do rebanho ovino de propriedade nos Boiões

Alunos do 5º ao 9º ano estão no projeto cívico militar e recebem os conhecimentos da antiga moral e cívica, disse o diretor. Ele enfatiza que não existe militarização e sim o resgate de boas maneiras, postura ao cantar o hino, respeito aos demais e autoridades etc.

Ernesto Viana lembrou que a Escola Cívico Militar não é um projeto de Governo e sim de Estado e já existe um departamento no MEC para cuidar dessa questão a nível de Brasil.

A Escola cívico militar Oswaldo Aranha tem 1.100 alunos e 70 professores, mas os estudantes do turno da noite não entram neste projeto, esclarece o diretor.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários