fbpx
Professor alegretense faz relançamento de clássico da historiografia alegretense
Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O historiador alegretense e mestre, Anderson R. Pereira Corrêa, está fazendo o relançamento, em sua segunda impressão do livro “Uma História Operário-Sindical de Alegrete: a formação da classe operária alegretense”.

Professor de História é um pintor autodidata de grande talento

Segundo o autor, essa nova impressão saiu com melhor acabamento e uma nova capa. O livro apresenta como tema principal a luta e organização dos trabalhadores alegretenses, no período da República oligárquica (1889-1930) em defesa de melhores condições de trabalho, salário e vida digna (saúde, educação, amparo).

A história da enfermeira e ex- Delegada de Saúde, Heilli Temp, aposentada depois de 32 anos de trabalho

Os primeiros capítulos descrevem o cenário urbano e o ‘mercado de trabalho”, a presença de imigrantes nas atividades econômicas urbanas e na organização dos trabalhadores.

Na abertura da semana dos namorados, uma longeva e linda história de amor

Com um profundo estudo da historiografia do Município, o professor Anderson revela que entre os imigrantes e seus descendentes que organizaram os operário na cidade, destaque para: Mallman, Bisch, Krug, Laydner, La Gamba, Bianchi, Mitidieri. Entre alguns capítulos que despertam a atenção do leitor, estão as organizações operárias, jornais operários, congressos operários e o 1º de maio em Alegrete.

O livro é uma adaptação da dissertação de mestrado e está disponível com o autor pelo e-mail: correa.arp@gmail.com ou pelo WhattsApp 999035272.

Júlio Cesar Santos                                                        Fotos: reprodução

Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •