Roberto Japur, um abnegado pelo esporte alegretense

Antônio Roberto de Melo Japur, é alegretense nascido em 10 de fevereiro de 1956.

Japur, fala com orgulho do futsal alegretense
Japur, fala com orgulho do futsal alegretense

Abnegado pelo esporte da terra. Japur, hoje com 65 anos, reside em Porto Alegre e torce pelo esporte da terra.


Comerciante dos antigos no Bairro Vila Nova, possuía uma armazém junto com o pai Seu Japur na Rua Carlos Gomes. Em 1992, resolveu ir embora para Capital dos Gaúchos. Atualmente trabalha como consultor de empresas.
Tão logo foi contatado para entrevista deixou claro que nunca teve interesse em nada político, mas sim apenas gostava de ajudar e participar em alguns setores da sua cidade, principalmente no esporte.
Japur possui uma trajetória esportiva muito atuante. Foi presidente por duas gestões do antigo CMD – Conselho Municipal de Desportos.

Japur ao centro (camisa branca)
Japur em pé ao centro (camisa branca)

Por iniciativa própria colocou nos anos de 1978, 79 e 80, a cidade de Alegrete no cenário estadual do futsal. Com o Japur Atlético Clube e com participação de amigos colocou o Real de volta a disputar o estadual.

Ele conta que isso fez com que o Sete de Setembro também voltasse ao estadual. Japur foi organizador de vários campeonatos de futsal e futebol sete para movimentar o esporte em Alegrete. Relembra com orgulho do ginásio sempre lotado. “Alegrete respirava futsal” destaca o alegretense.

Membro atuante do Conselho Disciplinar da LAF, também foi voluntário do EFIPAN. Com o Japur colecionou títulos dos torneios citadinos. Mas seu maior sonho era conseguir fazer como alegretense um ginásio municipal. “Tive várias promessas de convite para ser secretário de esportes, mas sempre ficava nas promessas e infelizmente até hoje ninguém teve coragem e vontade de buscar e lutar por essa obra. Vários municípios menores que Alegrete tem e nós vergonhosamente não temos”, contou.

Confira os principais trechos da entrevista do irmão do Leandro Japur, e pai dos alegretenses Roberta e Tiago Japur que residem em Alegrete e da Renata e Alexandre Japur hoje radicados no Mato Grosso e a dupla do seu segundo casamento, Yunes e Yuri Japur, porto-alegrenses.

Portal: Revelaste um sonho. Alegrete ter o seu ginásio. De que forma tu achas que podemos conseguir esse pleito ?

Através da  Secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Lazer, em conjunto com a secretaria de Planejamento conseguir desenvolver um projeto executivo da obra, ou seja, o projeto arquitetônico( quem sabe já tenha e não estou informado). Com isso, a prefeitura poderá pleitear verba pública no Ministério do Esporte, infelizmente hoje não temos um ginásio oficial do município que atenda a comunidade e o público esportivo, e a solução é construir um urgentemente, sei que no papel tudo aceita , mas sem lutas e vontades nada se consegue. Temos dois deputados federais alegretenses tenho certeza que com a ajuda deles , quem sabe conseguimos abrir as portas da esperança

Portal: Tens acompanhado o Real na disputa da Série B do Estadual ?

Só tenho acompanhado o Real pela internet, amigos e familiares, ou quando é transmitido pelas emissoras de rádio. Mas parece que esse ano começamos mal ,vamos torcer para melhorar.

Japur no ginásio Oswaldo Aranha

Portal: Qual a melhor lembrança que tu guarda do time do Japur ?

Do time do Japur Atlético Clube só tenho ótimas lembranças , ele começou pela minha grande vontade de trazer o futsal alegretense ao âmbito estadual, onde sempre fomos bem representados principalmente pelo Sete (campeão) e o Real  sempre competitivo, claro que ser campeão várias vezes nos citadinos e outros torneio é um orgulho que marca pra sempre , mas levar o Japur a nível estadual foi nosso maior marco e tem um grande detalhe nessa trajetória era composto por jogadores amadores e amigos , isso me deixa com muita certeza que nada é impossível quando uma comunidade e um grupos de amigos se juntam para buscar o melhor pra todos.

Portal: Nos últimos citadinos aqui, o Japur entrou em quadra. Muito pelo empenho do teu filho Tiago. Como foi reviver isso tudo depois de anos ?

Essa volta do Japur que aconteceu a pouco tempo era um sonho meu, mas morando em Porto Alegre ficava difícil, mas ficou uma raiz muito forte  por aí. Meu filho Tiago Japur e meu irmão Leandro Japur conseguiram trazer o nosso time de volta ao citadino e foi muito lindo e parece que não era só nós que estávamos ansiosos por essa volta , porque nos dias de jogos do Japur tinha bons públicos, quem sabe com mais estrutura voltaremos.

Japur no ginásio Hélio Leal do CASS
Japur no ginásio Hélio Leal do CASS

Portal: Alegrete tem muitos talentos no esporte, mas ao mesmo tempo carece de investimentos. De apoio para disputar competições. No teu entendimento como melhorar o esporte num todo ?

 Alegrete sempre foi um celeiro de craques ,falta mais estrutura e incentivos , mas com um projeto que tu apresente bem elaborado e contar uma descrição contendo justificativa, objetivos, cronograma de execução física e financeira, estratégias de ação, metas qualitativas e quantitativas e plano de aplicação dos recursos, acho que nossos empresários, órgãos públicos e independentes terão mais segurança para investir.

Portal: Temos uma secretaria de esportes vinculada à Educação. Se tu pudesse elencar três prioridades para o esporte alegretenses quais seriam elas ?

Implantar uma política de gestão compartilhada, uso e ocupação dos equipamentos públicos de esporte e lazer, envolvendo setores da sociedade civil como instituições sociais, culturais, esportivas e de ensino superior e oportunizar as ações de entidades, reconhecidamente, articuladoras e executadoras de ações esportivas e de lazer, que envolvam, prioritariamente, a população em geral não esquecendo periferia e rural; articular programas, ações e investimentos, públicos e privados, para o desenvolvimento das práticas de Esporte e Lazer. Tem muitos empresários e políticos que ainda não se deram conta que a melhor maneira de tirar os jovens e crianças das drogas e da criminalidade é o esporte , esse move montanhas e deixa vários legados do bem.

Japur comemorando mais um título
Japur comemorando mais um título

Portal: Qual a melhor lembrança que tu tens de Alegrete ?

Minha maior lembrança no esporte era ver o nosso ginásio lotado sempre para assistir e prestigiar nosso futsal e claro, não posso esquecer do Efipan, que leva o nome de Alegrete muito longe , um belo trabalho do meu amigo Toninho.

Portal: Uma mensagem para nossos gestores em prol do esporte alegretense ?

Pensar no futuro das crianças e jovens. Desenvolvam projetos para melhorar a qualidade de vida e ter um lema , levem essa turminha a poder brincar , jogar e viver.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários