fbpx

Com sistema de saúde em colapso, classe médica suplica por responsabilidade da população em relação à Covid-19
Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Com o aumento dos casos positivos da Covid-19,  que em três dias teve 119 casos positivos e na noite de ontem(2), chegou a 601 pacientes ativos além de nove hospitalizados, o que representa mais uma vez que a capacidade da UTI Covid-19 já está totalmente comprometida, com 100% dos leitos ocupados. O motivo é que são oito leitos na UTI e dois para emergências,  assim como,  30 no hospital de Campanha que está com sete pacientes, três positivos e quatro aguardando resultado.

Detento é condenado a mais 30 anos por homicídio no Presídio de Alegrete

O Estado também já está com medidas restritivas e mais severas em alguns aspectos e o Governador Eduardo Leite retirou o sistema de Co-gestão para tentar frear o número crescente de infectados e de pacientes em UTI, o que representa o colapso em vários Municípios do Rio Grande do Sul.  Na última sexta-feira,  foi citado que três regiões já teriam indicação de bandeira preta, entre elas Uruguaiana que Alegrete pertence.

Vendaval deixou centenas de consumidores sem energia; numa quadra da Saint Pastous os quatro postes caíram

Mas todas as medidas adotadas no Município através da Prefeitura, Comitê de enfrentamento e demais órgãos parecem não ter o efeito esperado.  Muitas pessoas mantêm hábitos irregulares o que faz com que o vírus não pare de circular.

Dentre todos os alertas que o PAT já colocou, um outra busca a tão desejada conscientização com responsabilidade. Desta vez um outro médico também fez um alerta na noite de ontem, Dr Claudionor Brum.

Ele escreveu a seguinte mensagem em seu perfil:

Nós, médicos e demais profissionais de saúde que trabalham na linha de frente contra o COVID-19, alertamos para a capacidade operacional máxima do Sistema de Saúde.

Sim, Alegrete vai ter a campanha Cartinha ao Papai Noel

Os profissionais se encontram em seus limites fisicos e emocionais e os afastamentos decorrentes do covid-19 são necessários aos que adoecem nas equipes.
As próximas semanas serão críticas e a PREVENÇÃO é o MELHOR CAMINHO.
–CUIDEM-SE E EVITEM EXPOSIÇÕES DESNECESSÁRIAS.
Daí faço um alerta que o pessoal não está valorizando as seis regras de ouro da prevenção da covid devem ser praticadas todo dia, o dia todo, e diminuem muito o risco de alguém ser infectado pelo covid.

São elas:

1. USO DE MÁSCARAS

2. DISTANCIAMENTO FÍSICO DE 1,5M OU 1,8M

3. HIGIENIZAÇÃO DAS MÃOS

4. NÃO PARTICIPAR DE AGLOMERAÇÃO HUMANA

5.MANTER AMBIENTES VENTILADOS/AREJADOS

6. PACIENTE COM SINTOMAS DE ¨RESFRIADO¨OU ¨GRIPE” PODE E DEVE SER CONSIDERADO COMO COVID. DEVE FICAR IMEDIADAMENTE EM ISOLAMENTO RESPIRATÓRIO, IR A CONSULTA MÉDICA, PARA SER NOTIFICADO E SER ENCAMINHADO O EXAME MAIS APROPRIADO AO SEU CASO.

7. O RISCO DE INFECÇÃO JÁ OCORRE NA FASE PRÉ-ASSINTOMÁTICA(NOS 2 DIAS ANTES DE APRESENTAR SINTOMAS), MAS PRINCIPALMENTE OCORRE NOS PRIMEIROS 7 DIAS DE SINTOMAS.

ESPERO TER CONTRIBUÍDO####

Flaviane Antolini Favero


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •