“Contando as horas para voltar ao lugar, de onde, se fosse minha escolha, jamais teria saído”, diz alegretense desgarrado

O portal Alegrete Tudo, conhecido por interligar histórias e promover reencontros, recebeu recentemente uma mensagem de Fernando Gomes, um alegretense que está há dez anos sem visitar a cidade.

A mensagem destacou a importância do trabalho do Portal, que frequentemente desperta saudades nos filhos da terra.

Fernando enviou a seguinte mensagem:

“10 anos sem visitar o Baita Chão, morrendo de saudade do pago, e vendo essas imagens que vocês nos presenteiam. Por causa dessas imagens do meu Alegrete, me deu uma louca e dia 14 tô chegando por aí. Indo matar a saudade. Forte abraço e parabéns pelo trabalho!”- declara sobre os vídeos e fotos da cidade e conforme ele, por ter a oportunidade de acompanhar de perto, mesmo à distância, tudo que acontece aqui.

Fernando foi então convidado a participar do quadro “Saudade do Alegrete”, convite que aceitou prontamente.

Ele nasceu na Santa Casa de Alegrete em 6 de setembro de 1970 e cresceu na casa de seus avós na rua Mauricio Cardoso, onde residem seus tios Cabeto e Paulo Alves, este último conhecido por seu envolvimento com um grupo de música gaúcha. Na Rua Marques do Alegrete, vivem seus tios João, Carlos e Auristela, do lado paterno.

Marido flagra mulher, no celular, mandando fotos íntimas para outro homem

Fernando também morou na rua Bento Gonçalves, na casa da família Faraco. Ele tem muitos primos e outros tios na cidade, embora não tenha o endereço de todos. Seu pai, funcionário da Eletrosul, proporcionou que ele fizesse muitos amigos, mesmo após se mudar para Porto Alegre em 1980.

Fernando relembra de seu amigo Bertoldo, das pescarias no Rio Ibirapuitã, dos bailes no Clube Caixeiral e no Casino, onde seu primo Antônio Carlos foi presidente várias vezes. As memórias do Juventude, da Praça Nova, da Getúlio Vargas, dos Patinhos e do Carramanchão ainda são vivas em sua mente.

Atualmente, o alegretense é fisioterapeuta, com cinco pós-graduações, especializado no tratamento de idosos pós-AVC. Seu trabalho é muito requisitado em Porto Alegre, mas ele nunca deixou de amar Alegrete e sempre manteve a esperança de um dia retornar definitivamente.

Outro desgarrado do pago já definiu data para voltar para sua gente

“Só de estar aí, as energias são carregadas e aquela saudade no peito é tratada um pouco. Nunca deixei de amar essa Terra Sagrada e sempre digo que uma hora vou embora. Infelizmente, não posso deixar meus pacientes sem atenção, mas meu coração está cheio de esperanças de que seja feita a vontade do Patrão Velho e eu possa voltar ao Lar”- citou.

Fernando é casado há 30 anos e esta será a primeira vez que sua esposa virá a Alegrete. Seu filho, Pablo Gomes, está se formando médico na Unisinos. Fernando planeja visitar Alegrete de 14 a 16 de junho, período durante o qual fará uma prova de concurso.

Em sua mensagem final declarou: “acho que é isso. Contando as horas para estar no lugar, de onde, se fosse minha escolha, jamais teria saído.”

Se inscrever
Notificar de
guest

0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários